Pesquisa aponta pontos fortes e oportunidades para pólo calçadista

Investindo em qualidade nos últimos anos, empresas de São João Batista estão competindo mais de perto com outra referência do setor no país, o pólo calçadista do Rio Grande do Sul

O IMC (Instituto de Moda Catarinense), vinculado ao Sincasjb (Sindicato das Indústrias de Calçados de São João Batista), junto com a Focal Pesquisas, desenvolveu uma radiografia do pólo calçadista mais importante de Santa Catarina. A pesquisa liderada pelo professor, palestrante e coach Gustavo Campos revelou os pontos fortes do setor na cidade que virou referência em calçados e apresentou oportunidades para melhoria e crescimento.

Entre os pontos mais relevantes da pesquisa feita através de 710 entrevistas telefônicas com lojistas das diversas regiões do país que vendem os produtos de São João Batista, está a percepção destes comerciantes sobre os itens produzidos na cidade. O conceito do pólo, segundo os entrevistados, é o de “oferecer calçados confortáveis, com qualidade, belos e com preço justo a seus compradores”, no caso dos calçados femininos, e ofertar “produtos belos, variados e com a qualidade pelo preço que é cobrado” no caso dos calçados infantis.

Para Gustavo, as empresas de São João Batista, conhecidas por entregar produtos de boa qualidade, podem subir neste ranking. “Deve-se lembrar sempre que, para que seja possível a qualidade passar de boa para ótima, é necessário reduzir cada vez mais os problemas (pois eles sempre existirão)”, explicou o especialista na apresentação da pesquisa.

Qualidade maior
Gustavo Campos apresentou a pesquisa sobre o pólo calçadista de São João Batista na semana passada no auditório do Senai localizado no Centro da cidade. De acordo com o especialista, a tendência “é de melhora na qualidade dos produtos e esse esforço vem sendo percebido pelos entrevistados”. Ele também comentou que, neste momento, o pólo catarinense começa a “brigar mais de perto” com o pólo do Rio Grande do Sul em relação aos sapatos femininos. A melhora na qualidade dos calçados infantis nos últimos anos, contudo, ainda não está sendo percebida pelos lojistas.

Design estratégico
Como o pólo calçadista de São João Batista está “recém entrando no estágio de maturidade” o setor deve preocupar-se em gerenciar muito bem o seu posicionamento, trabalhando itens importantes como a apresentação dos produtos, a política de preços e a oferta em relação aos pontos de venda. “A preocupação no momento deve ser, em primeira instância, continuar crescendo e, em segunda instância, definir o posicionamento. Esse deve ser um trabalho feito por ponto de venda”, defendeu Gustavo Campos. A pesquisa integra um projeto do IMC, com apoio do Sebrae/SC, Fiesc (Federação das Indústrias de SC) e Prefeitura de São João Batista, e vai apoiar o projeto de Design Estratégico que será conduzida pelo Sincasjb com outros parceiros.

Além Muros
Mais que investir na cidade e gerar empregos, movimentando a economia de Florianópolis, a WOA Empreendimentos Imobiliários acredita em fomentar o bem público da cidade. Através do projeto Além Muros, a empresa adotou a Praça Getúlio Vargas, no Centro da Capital e começou, em dezembro, a revitalização do espaço após aprovação da Floram (Fundação Municipal do Meio Ambiente) e Ipuf (Instituto do Planejamento Urbano). Com assinatura do paisagista Jordi Castan, do escritório A Boa Vista Paisagismo, de Joinville, o projeto na popularmente conhecida Praça dos Bombeiros será entregue no dia 18 de março.

Reprodução/Divulgação/ND

Reprodução do projeto assinado pelo paisagista Jordi Castan, do escritório joinvilense A Boa Vista Paisagismo, dá uma prévia de como a Praça dos Bombeiros ficará após a revitalização em andamento ser concluída


Local de convivência
“Neste momento onde as notícias ruins vem tomando/dominando espaço, estamos invertendo o sentido. Temos boas notícias a comemorar! Um novo espaço público está sendo carinhosamente recuperado. A intenção é que a Praça Getúlio Vargas deixe de ser um local de passagem para ser um local de convivência”, comentou por e-mail com exclusividade para a coluna Waltinho Koerich, diretor da WOA. O projeto de revitalização na Praça dos Bombeiros prevê diversas intervenções para todos os públicos. Koerich destacou, para as crianças, o Parque Dona Tilinha; para os adultos, a área para caminhada e academia; para os “amantes dos cachorros”, o espaço pet; e para os “amantes da Natureza” as árvores monumentais e o reordenamento paisagístico, além da recuperação do chafariz.

Encontro estratégico
A diretora executiva da Infinita Surfaces, Deise Meinert, participa hoje, em São Paulo, de um encontro com a presidente global de DuPont Protection Solutions, Rose Lee, aonde serão apresentadas as estratégias e diretrizes da marca para 2016. A Infinita Surfaces ocupa o segundo lugar no ranking das maiores processadoras da DuPont Corian no país e registrou, no ano passado, crescimento de 32% no faturamento. Apesar de vender para todo o país, 65% do faturamento da Infinita Surfaces tem origem em projetos desenvolvidos em Florianópolis e Balneário Camboriú. Além de Deise Meinert, apenas outros dois representantes de empresas que processam o material no país foram convidados para o encontro com Rose Lee.

216
bolsas de mestrado foram confirmadas para este ano pelo Programa de Recursos Humanos em Ciência, Tecnologia e Inovação da Fapesc (Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina). No total, 87 grupos de pesquisa de nove instituições de ensino superior do Estado serão favorecidos. A chamada executada em parceria com a Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior) disponibilizou R$ 7,7 milhões para custear estas bolsas de estudo. Uma ótima notícia de incentivo à inovação no Estado em um ano de cortes generalizados de orçamentos.

Tendências em educação
A catarinense Teltec Solutions participou até o final de semana em Londres do Bett Show, maior evento internacional focado em tecnologia educacional. A empresa integra a delegação do Fórum Cisco de Líderes de Educação e Tecnologia que busca tecnologias mais inovadoras e diferentes paradigmas para o desenvolvimento do potencial dos alunos e professores. Além de participar do Bett Show, a delegação está visitando universidades de referência do Reino Unido. Na foto, da E para a D, Vilson Martins Filho, coordenador executivo de Educação da Teltec; Lord Jim Knight, ex-ministro das Escolas e do Trabalho do Reino Unido; Diego Brites Ramos, diretor geral da Teltec; e Leonardo Silva, gerente de Desenvolvimento de Negócios da Teltec. 

Divulgação/ND

Os executivos da Teltec Solutions Vilson Martins Filho, Diego Brites Ramos e Leonardo Silva se encontraram com o ex-ministro das Escolas e do Trabalho do Reino Unido, Lord Jim Knight (segundo da E para a D) no Bett Show
Loading...