Mais de 11 mil estudantes realizam prova do Enem em Joinville

Exame ocorreu neste domingo (17) em nove pontos diferentes da cidade; estudantes relatam como foi a preparação em meio à pandemia

Mais de 11 mil estudantes realizaram ontem a prova do Enem em Joinville, exame que avalia a qualidade do Ensino Médio no país e garante acesso em instituições públicas de ensino superior.

Os candidatos foram distribuídos em nove pontos diferentes e não houve relatos de estudantes que ficaram de fora da sala em função da capacidade reduzida, exigida por causa da Covid-19.

Estudantes realizam segunda parte da prova no próximo domingo – Foto: Maycon Costa/ND TVEstudantes realizam segunda parte da prova no próximo domingo – Foto: Maycon Costa/ND TV

A instituição que recebeu mais inscritos foi a Univille (Universidade Regional de Joinville), com 3.972 alunos. Entre os candidatos, o sentimento mais comum era o de ansiedade.

“Foram meses de estudos e, durante esse tempo, a internet foi aliada dos alunos que ficaram longe da sala de aula. A gente estudou o ano inteiro e estamos preparados. Fiz cursinho online e tenho fé de que vou passar”, afirmou João Vitor Ávila, um dos inscritos no Enem deste ano.

O estudante Luiz Eduardo Souza afirmou que a preparação para a prova foi um pouco diferente neste ano em razão da pandemia. “Foi um ano bem difícil, mas eu consegui estudar e me preparar bem para a prova”, afirmou.

A haitiana Jamilla Medeiros, que estava acompanhada da amiga Ayana, também estava confiante. As duas têm o sonho de cursar Enfermagem. “Estou muito contente e espero passar. Mas é claro que a gente fica nervosa também”, disse Jamilla, antes da prova.

Portões abriram uma hora antes do início da prova

No campus da Univille, localizado no bairro Bom Retiro, o movimento de estudantes começou cedo. Os portões abriram por volta das 11h30, uma hora antes do início das provas.

Logo na entrada, fiscais recepcionavam os estudantes e davam orientações na procura das salas de aula. Além disso, eram oferecidas
canetas pretas para os esquecidos. No próximo domingo, os candidatos realizam a segunda etapa da prova.

Vale lembrar que na semana que antecedeu o Enem, alunos e
entidades pediram o adiamento do exame, mas o  INEP (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), autarquia federal vinculada ao Ministério da Educação, optou por manter a prova.

No primeiro dia, os estudantes tiveram 5h30 para fazer a redação e responder a 90 questões objetivas de ciências humanas,
linguagem e suas tecnologias.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Joinville e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.

+

Educação