Moacir Pereira

Notícias, comentários e análises sobre política, economia, arte e cultura de Santa Catarina com o melhor comentarista politico de Santa Catarina. Fundador do Curso de Jornalismo da UFSC. Integrante da Academia Catarinense de Letras e do Instituto Histórico e Geográfico de Santa Catarina, é autor de 53 livros publicados.


Acadêmicos de Medicina entram com representação contra Reitoria da UFSC

Advogados pedem intervenção do Ministério Público Federal em nome do Centro Acadêmico de Medicina de Araranguá

Os advogados Leandro S.Costa e Alexandre Brancão Amaral entraram com representação no Ministério Público Federal, intitulada “Noticia de Irregularidades”, em que criticar a Reitoria da Ufsc pela ausência de aulas presenciais e por situação crítica no Curso de Medicina da Universidade Federal em Araranguá.
A ação foi impetrada em nome do Centro Acadêmico Livre de Medicina-Campus de Araranguá.

Advogados cogitam de inquérito civil contra a Reitoria da Ufsc – Foto: DivulgaçãoAdvogados cogitam de inquérito civil contra a Reitoria da Ufsc – Foto: Divulgação
O pedido relata que o Curso de Medicina foi criado em 2013 e implantado em 2018, mas vem enfrentando dificuldades graves por falta de ações de Reitoria.
Depois de destacar que não houve processo eletivo para contratação de professores para a sétima fase, o que será fatal para os alunos, registra: “Não se mostra desarrazoado registrar que a UFSC se trata de uma das poucas instituições de ensino superior que não retornaram as atividades presenciais, causando sérios prejuízos ao Corpo Discente e, como não poderia deixar de ser, ao erário público.”
A representação pede a intimação o reitor da Ufsc e “a abertura de inquérito civil para apurar ilícito administrativo omissivo”.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
Loading...