Alunos desenvolvem habilidades manuais no ateliê de artes visuais em escolas de Joinville

Projeto é realizado em cinco Escolas Municipais de Joinville, oferecendo oficinas no ateliê para estudantes dos Anos Iniciais e Finais do Ensino Fundamental

Desenvolver competências manuais e criar laços com a arte são tarefas desafiadoras. Pensando nessa aproximação, cinco Escolas Municipais de Joinville oferecem aulas no ateliê de artes visuais, programa da Secretaria de Educação do município.

Alunos participam da aula no ateliê de artes visuais - Elisiane Conceição da Silveira
1 5
Alunos participam da aula no ateliê de artes visuais - Elisiane Conceição da Silveira
Alunos participam da aula no ateliê de artes visuais - Elisiane Conceição da Silveira
2 5
Alunos participam da aula no ateliê de artes visuais - Elisiane Conceição da Silveira
Alunos participam da aula no ateliê de artes visuais - Elisiane Conceição da Silveira
3 5
Alunos participam da aula no ateliê de artes visuais - Elisiane Conceição da Silveira
Alunos participam da aula no ateliê de artes visuais - Elisiane Conceição da Silveira
4 5
Alunos participam da aula no ateliê de artes visuais - Elisiane Conceição da Silveira
Alunos participam da aula no ateliê de artes visuais - Elisiane Conceição da Silveira
5 5
Alunos participam da aula no ateliê de artes visuais - Elisiane Conceição da Silveira

Os encontros são para alunos que estão nos Anos Iniciais e Finais do Ensino Fundamental. O objetivo é desenvolver a criatividade, instigando um novo olhar sobre a realidade e o mundo.

O desafio deste ano é incentivar a proximidade com a cidade, despertando o desejo de conhecer, revelar e valorizar aspectos característicos do lugar, enaltecendo os bairros, artistas da região e as produções locais.

A Escola Municipal Plácido Xavier Vieira faz parte da iniciativa. Com oficinas que acontecem no período da manhã e da tarde, os estudantes já colocaram a mão na massa.

“Nós iniciamos com processos que utilizam linha e ponto, fazendo algumas atividades. Eles aproveitaram para explorar os materiais que não conheciam, como o giz carvão e o giz pastel”, conta a professora responsável pelo ateliê Elisiane Conceição da Silveira.

Com tarefas focadas em desenhos, pinturas, colagens, gravuras, modelagens, esculturas, multimídia e história da arte, o intuito é que as crianças possam desenvolver diversas habilidades, exercitando os movimentos manuais e a crítica sobre as produções.

“A arte é a técnica e o talento. O treino diário, o fazer e refazer, é a prova da evolução. Cada aula é uma experiência nova e isso prende a atenção”, declara a educadora.

O programa teve início em março e uma das entregas já ganhou destaque: a produção da colcha de retalhos. O primeiro passo foi a contação da história, seguida do desafio de expor um momento marcante. “Cada um recebeu um pedaço de retalho para retratar uma memória. Resgatamos as recordações e trabalhamos o pessoal do aluno”, completa a educadora.

Além da análise, os estudantes trabalharam a parte têxtil de Joinville, uma das características da cidade. “Tivemos a técnica de desenho no papel e depois a arte foi para o tecido”, menciona a professora de artes.

Cada encontro é pensado para proporcionar um acompanhamento direcionado, com aulas interativas, discussões e debates, motivando a presença nos próximos encontros.

“O bacana é que o projeto é espontâneo. O aluno que está no ateliê quer participar da aula. Eles não faltam e ficam tristes quando não temos esse momento”, menciona Elisiane.

As Escolas Municipais Nelson de Miranda Coutinho, Prefeito Wittich Freitag, CAIC Professor Desembargador Francisco José Rodrigues de Oliveira e Professora Karin Barkemeyer – Extensão também fazem parte do projeto ateliê de artes visuais.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Joinville e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Educação

Loading...