Após audiência terminar sem acordo, aulas seguem sem retorno presencial em Florianópolis

Terminou sem acordo, nessa segunda-feira (12), a audiência de conciliação entre Prefeitura de Florianópolis e Sintrasem (Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal) sobre a greve dos trabalhadores da educação, deflagrada contra a retomada das aulas presenciais no atual momento da pandemia da Covid-19.

O desembargador Vilson Fontana, da 5ª Câmara de Direito Público do TJSC, suspendeu a decisão do desembargador Paulo Ricardo Bruschi, que havia declarada a paralisação ilegal no último dia 25 de março, e marcou uma nova audiência para o próximo dia 19.

+

BG Florianópolis