Aulas presenciais de Itajaí devem retornar, recomenda MPSC

Ofício do Ministério Público pede que a antecipação do recesso seja suspensa e as aulas presenciais retornem

Depois que a secretaria de Educação de Itajaí anunciou a antecipação do recesso escolar, que começou na última quinta-feira (1º), o MPSC (Ministério Público de Santa Catarina) recomendou, nesta quarta (7) que as aulas presenciais retornem.

Cerca de 80% dos pais optaram pelo retorno às aulas presenciais – Foto: Elias Gotaski/NDTVCerca de 80% dos pais optaram pelo retorno às aulas presenciais – Foto: Elias Gotaski/NDTV

O documento, assinado pela promotora de Justiça Letícia Vinotti da Silva, recomenda que o município se pronuncie em até 48 horas e que não antecipe o recesso.

Caso haja a “extrema necessidade de antecipação do recesso escolar, para que haja o remanejamento das aulas e adequação do calendário escolar”, o MPSC recomenda que o recesso seja antecipado por, no máximo, 15 dias.

Para o órgão, a antecipação descumpre outras recomendações do MPSC, e que a ausência de fundamentos técnicos é prejudicial os alunos. Além disso, o Estado de Santa Catarina considera as atividades escolares essenciais.

O não atendimento da recomendação pode configurar improbidade administrativa. O município recebeu o ofício e deve se manifestar em até 48 horas.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Itajaí e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.

+

Educação