Aulas são suspensas após interdição de escola com problemas estruturais em Barra Velha

Escola de Ensino Médio Senador Luiz Henrique da Silveira tem rachaduras, infiltrações e estalos em pisos e paredes

O retorno das aulas presenciais não durou muito tempo em Barra Velha, no Litoral Norte de Santa Catarina. Pelo menos não na Escola de Ensino Médio Senador Luiz Henrique da Silveira, que fica no bairro Itajuba.

Escola precisou ser evacuada no dia 6 de agosto e deve passar por vistoria nos próximos dias – Foto: Google Maps/DivulgaçãoEscola precisou ser evacuada no dia 6 de agosto e deve passar por vistoria nos próximos dias – Foto: Google Maps/Divulgação

As aulas presenciais foram suspensas após os problemas estruturais, que já haviam sido relatados, piorarem a ponto de a estrutura ser interditada na segunda-feira (9). A escola, inclusive, precisou ser evacuada no dia 6 de agosto, quando o piso da sala dos professores afundou após um estalo.

Entre os problemas estão rachaduras, infiltrações e estalos em pisos e paredes, o que coloca em risco a segurança de alunos e profissionais, foi o que constatou o grupo de trabalho que esteve na escola. Além de uma engenheira do governo estadual, responsável pela escola, estiveram presentes representantes da CRE (Coordenadoria Regional de Educação de Joinville) e da Defesa Civil de Barra Velha.

O grupo definiu, após a vistoria, que é necessária uma nova avaliação técnica completa para diagnosticar “possíveis instabilidades no solo”. Assim, as aulas voltam a ser ministradas exclusivamente de maneira remota. A expectativa é de que o perito inicie os trabalhos ainda nesta semana.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Joinville e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Educação

Loading...