Caso de saudação nazista feita por alunos de Criciúma é encaminhado ao Ministério Público

Investigações da Polícia Civil sobre o vídeo em que alunos aparecem fazendo uma saudação nazista para um professor já foram encerradas e inquérito foi encaminhado ao Ministério Público em Criciúma

A Polícia Civil concluiu a investigação sobre o caso de alunos do 9º ano que fizeram uma saudação nazista em sala de aula em Criciúma.

O vídeo do ocorrido viralizou na internet no final de agosto e três alunos foram suspensos pela SATC (Colégio da Associação Beneficente da Indústria Carbonífera de Santa Catarina).

Agora o caso será analisado pelo Ministério Público de Santa Catarina (MPSC).

“O procedimento policial pertinente, auto de apuração de ato infracional já foi encaminhado a Vara da Infância e Juventude”, informa a delegada da DPCAMI (Delegacia de Polícia de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso) de Criciúma, Juliana de Freitas Zappelini.

Três alunos foram suspensos e outros três receberam advertência da escola após o ocorrido- Foto: Redes sociaisTrês alunos foram suspensos e outros três receberam advertência da escola após o ocorrido- Foto: Redes sociais

Maiores detalhes sobre as conclusões da investigação, não foram revelados. Nesses casos, por serem menores de idade os alunos não respondem criminalmente.

“A finalidade do procedimento para apuração de ato infracional, ao contrário do que ocorre com o processo-crime instaurado em relação a imputáveis, não é a aplicação de uma sanção estatal, mas sim a proteção integral do adolescente, por força do Estatuto da Criança e Adolescente”, explica a delegada.

Entenda o caso

No vídeo, os adolescentes fazem uma saudação nazista quando um professor chega na sala. Ao ver a cena ele se retira do local. A gravação do vídeo teria ocorrido há três meses e no final de agosto deste ano passou a circular na internet.

“Apologia ao nazismo é crime! Repudiamos e não compactuamos de nenhuma forma com tais atitudes. Deste modo, as providências cabíveis foram tomadas, com a suspensão de alunos, advertências e a realização de uma reflexão sobre o nazismo e o quanto esse regime foi pavoroso para a história humana”, informou, na época, uma nota oficial da SATC.

Veja o vídeo:

Alunos do 9º ano fazem saudação nazista a um professor que chega na sala de aula em Criciúma – Vídeo: Reprodução/Internet

Alunos tiveram aula sobre o holocausto

No início deste mês, um debate sobre o nazismo foi realizado com os alunos. Representantes da Associação Israelita Catarinense (AIC) estiveram na escola e conversaram sobre o holocausto e tudo que envolve o tema.

“Tudo já foi devidamente esclarecido e foram tomadas medidas inclusive educativas. A Satc é uma casa de educação e como tal tem que resolver os problemas usando a educação”, explicou na época o reitor da UniSatc, Carlos Ferreira.

Ele destaca que logo após o ocorrido o próprio professor alvo da saudação repreendeu os alunos e os advertiu sobre a seriedade do assunto.

“O professor que foi saudado não é judeu e usou esse exemplo para dizer em sendo, esses alunos estariam cometendo ação prejudicial e alertou para a responsabilidade de cada um”, comentou.

No vídeo, seis alunos aparecem. Destes três foram suspensos e os outros três receberam uma advertência da escola.

+

Educação

Loading...