João Paulo Messer

Política, economia, bastidores e tudo que envolve o cotidiano e impacta na vida do cidadão de Criciúma e região.


Chapa única reeleita com 90 por cento dos votos em universidade do Sul

Apesar do voto facultativo e sem disputa a reitora da Unesc/Criciúma foi reeleita com 97% em eleição que teve comparecimento superior a 90% do colégio eleitoral.

A reeleição da chapa Luciane Bisognin Ceretta e Daniel Preve à reitoria da Universidade do Extremo Sulcatarinense (Unesc), realizada nesta quinta-feira, entram para a história da instituição pelo seu grande número de participantes, apesar de chapa única. Foram 9.065 votantes de um universo de 11.740 eleitores aptos. Dos votantes 97% confirmaram voto na chapa única. O mandato é de quatro anos e a posse ocorre no dia 30 de junho.

Luciane Ceretta entra para a história da Unesc com a maior votação. – Foto: DivulgaçãoLuciane Ceretta entra para a história da Unesc com a maior votação. – Foto: Divulgação

Inscrita como “Chapa 1” – A Unesc que supera e se reinventa”, obteve 8.786 votos. Mesmo em eleições com disputas acirradas o número de eleitores participantes do processo eleitoral nunca atingiu esta média. Registra-se que o voto é facultativo e vivemos um período de pandemia. Assim, os votantes tiveram duas opções: voto presencial em urnas instaladas na universidade ou de forma remota.

Luciane Ceretta e Daniel Preve estão repetindo chapa. – Foto: DivulgaçãoLuciane Ceretta e Daniel Preve estão repetindo chapa. – Foto: Divulgação

Outro fato é que a Unesc é a única universidade catarinense com a possibilidade do voto direto.