João Paulo Messer

messer@ndtv.com.br Política, economia, bastidores e tudo que envolve o cotidiano e impacta na vida do cidadão de Criciúma e região.


Assim que começam os ´grandes` cientistas fabricantes de foguetes

O estímulo à formação de futuros cientistas é dado com a liberdade para fabricar e lançar os próprios foguetes.

O município de Criciúma mantém em suas escolas Clubes de Astronomia, que nesta semana iniciaram os testes para competir na Mostra Brasileira de Foguetes. A atividade proporciona interação entre alunos de diversas turmas, além da experiência de competir e se divertir relacionando os conceitos de Astronomia e outras ciências.

Alunos da rede pública de ensino fabricam os seus próprios foguetes. – Foto: DivulgaçãoAlunos da rede pública de ensino fabricam os seus próprios foguetes. – Foto: Divulgação

Entender na prática as etapas de construção dos foguetes, suas funcionalidades nos lançamentos espaciais e a importância da aerodinâmica, são aprendizados proporcionados pela Mostra Brasileira de Foguetes (MOBFOG). Os estudantes iniciaram o projeto construindo seus próprios foguetes nos Clubes de Astronomia, nas escolas municipais de Criciúma, e já estão realizando as etapas de lançamentos nas escolas e proximidades, entre essa semana e semana que vem.

As equipes com os melhores foguetes representarão o Clube de Astronomia da escola no dia 6 de julho, no evento promovido pela Secretaria Municipal de Educação, em local amplo, a ser definido.

As atividades praticadas na Mostra Brasileira de Foguetes e pelos Clubes de Astronomia proporcionam momentos de muita expectativa e movimentação nas escolas.

Inicialmente o projeto é voltado para estudantes de sétimo e oitavo ano e acontece nas escolas da rede municipal de ensino.

Loading...