Aos 54 anos, aluna do CEJA faz Enem pela primeira vez em Blumenau

Isis Garcia Fuentes conta como foi a preparação para a prova em meio a pandemia do coronavírus e revela que pretende ingressar na universidade para cursar uma graduação

Neste domingo (17) mais de 120 mil estudantes fazem a primeira fase presencial do Enem 2020 (Exame Nacional do Ensino Médio) em Santa Catarina. A prova foi adiada no ano passado em função da pandemia do coronavírus.

Entre os milhares de estudantes que farão o teste está Isis Garcia Fuentes, de 54 anos. Ela frequenta o Ensino Médio na unidade do CEJA (Centro de Educação de Jovens e Adultos) de Blumenau, no Vale do Itajaí.

Após o Enem, Isis tem o objetivo de cursar uma graduação – Foto: Arquivo PessoalApós o Enem, Isis tem o objetivo de cursar uma graduação – Foto: Arquivo Pessoal

Isis mora com o filho em Blumenau há exatos dois anos. Essa é a primeira vez que a gaúcha vai fazer o Enem. Antes de retomar os estudos ela estava longe das salas de aula há pelo menos 30 anos. Após tanto tempo fora do ambiente escolar a intenção é não parar tão cedo.

A estudante conta que quando decidiu voltar os estudos chegou a pensar em concluir apenas o Ensino Médio, mas a medida que frequentava aos aulas sentia que algo a impulsionava para ir além.

“Meu interesse pela educação não termina por aqui. Eu quero mais e sei que posso ir além. Quero fazer uma graduação um dia e o Enem me abre portas para realização daquilo que acredito”, disse Isis.

>> Leia também: Vai fazer o Enem no Vale do Itajaí? Veja horários e serviços nas principais cidades

Além de frequentar as aulas do ensino médio no CEJA Blumenau, Isis também cursa TSB (Técnico em Saúde Bucal), que é realizado de forma remota desde o início da pandemia.

“Conciliar os estudos com outras atividades faz parte, penso que é uma forma de nos testar, fortalecer nossos interesses, conhecimentos e até mesmo propósitos. Com certeza conciliar a rotina com os estudos é um esforço particular e depende de cada um”, avalia.

Preparação para o Enem

Em meio a pandemia do coronavírus e sem aulas presenciais, os estudantes precisaram se adaptar, inclusive os que frequentam o CEJA. Isis conta que precisou tirar proveito do estudo à distância oferecido pelo governo do Estado.

“Sabemos que pra tudo existe uma preparação. Fazer parte desse exame requer conhecimento, estudo e foco acima de tudo. A pandemia do coronavírus não impactou só a mim, mas todas as áreas. Isso mostra o quanto somos vulneráveis e ao mesmo tempo tão resilientes. Escolas, professores e alunos, por exemplo, tiveram que se adaptar a rotina de estudos virtuais. Eu acho que isso nos fez descobrir o quanto somos adaptáveis a qualquer tipo de situação.”

Sobre a expectativa para o primeiro Enem, Isis acredita que, dentro do possível, está preparada. “Acredito que vai dar tudo certo mesmo sabendo que é um exame muito complexo e que exige muito conhecimento. O que me dá confiança é cursar o ensino médio através do CEJA. Quanto aos resultados espero os melhores sempre. Aconteça o que acontecer. Desistir nunca, jamais”, enfatiza.

Enem 2020

Este ano, o Enem aplicará, além da prova em versão impressa, que será realizada neste domingo (17) e no próximo, dia 24 de janeiro, versões digitais, nos dias 31 de janeiro e 7 de fevereiro.

Primeiro dia de provas do Enem é neste domingo (17) – Foto: Divulgação/NDPrimeiro dia de provas do Enem é neste domingo (17) – Foto: Divulgação/ND

O exame é a porta de entrada para  o ingresso em universidade federais e particulares de todo país e alternativa aos processos seletivos tradicionais de diversas instituições de ensino.

Os candidatos que forem fazer o Enem 2020 terão de usar máscaras de proteção durante todo o período de realização da prova. Se não estiver de máscara, o candidato será eliminado.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Blumenau e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.

+

Enem