Enem não deverá ser realizado em 2021, anuncia Inep

Informação foi repassada ao CNE pelo presidente do Instituto, Danilo Dupas, em reunião realizada nesta quinta-feira (13)

O Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) deverá ser aplicado só em janeiro de 2022. A informação foi repassada pelo presidente do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais), Danilo Dupas, ao CNE (Conselho Nacional da Educação).

Presidente do Inep diz que Enem de 2021 só deve ser realizado em janeiro de 2022 – Foto: Fábio Vieira/Metrópoles/Divulgação/NDPresidente do Inep diz que Enem de 2021 só deve ser realizado em janeiro de 2022 – Foto: Fábio Vieira/Metrópoles/Divulgação/ND

Segundo a presidente do CNE, Maria Helena Guimarães de Castro, Danilo Dupas disse haver problemas no orçamento para a realização da prova. Uma portaria sobre o Enem deverá ser publicada nesta sexta-feira (14).

Além disso, uma versão apenas com uma amostra de estudantes do Saeb (Sistema de Avaliação da Educação Básica) será feita em novembro. O Inep não havia confirmado ainda se realizaria o exame este ano, o que levou a críticas de educadores.

A prova é importante para manter a série histórica de avaliações no País e para diagnosticar os déficits por causa do tempo de escolas fechadas na pandemia. É a partir do Saeb que é feito o Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica).

Uma portaria nesta quarta-feira (12) com as metas do Inep não incluía a aplicação do Enem, o que levantou dúvidas sobre a realização do exame este ano.

O Inep, órgão ligado ao MEC, é o responsável pela aplicação da prova. Dupas assumiu a presidência do Inep este ano, logo após a realização da edição de 2020 do teste.

A prova relativa a 2020 foi adiada em função da pandemia e realizada só em janeiro de 2021, com abstenção recorde de alunos.

+

Enem