Escola cívico-militar será implantada no Extremo-Oeste de SC em 2021

Matrículas de novos alunos serão realizadas conforme o calendário estadual nos dias 3 e 4 de fevereiro de 2021

Depois de um ano atípico por conta da pandemia, a comunidade escolar de São Miguel do Oeste, no Extremo-Oeste de SC vai ter novidades no ensino. O Ministério de Educação aprovou a implantação da escola cívico-militar. A escola escolhida foi a E.E.B professor Jaldyr Bhering Faustino da Silva, do Bairro São Gotardo.

As matrículas de novos alunos serão realizadas conforme o calendário estadual nos dias 3 e 4 de fevereiro de 2021 – Foto: Portal Peperi/Divulgação NDAs matrículas de novos alunos serão realizadas conforme o calendário estadual nos dias 3 e 4 de fevereiro de 2021 – Foto: Portal Peperi/Divulgação ND

De acordo com a supervisora regional de Educação, Eliane Galeazzi, as matrículas de novos alunos na instituição serão realizadas conforme o calendário estadual nos dias 3 e 4 de fevereiro de 2021, diretamente no site da SED (Secretaria de Estado da Educação).

“O estudante será cadastrado no sistema, por ordem de acesso. Para a efetivação da matrícula, os responsáveis devem anexar no sistema os documentos solicitados ou apresentar à Unidade Escolar, no período de 3 a 5 de fevereiro. Caso o responsável deixe de apresentar os documentos, haverá reabertura das vagas não preenchidas para novos estudantes”, explica Eliane ao portal WH3.

A escolha da instituição se deu pela estrutura que já está apta a receber o Pecim (Programa Nacional de Escolas Cívico-Militar) do governo federal, já no próximo ano letivo. Eliane destaca que como uma escola cívico-militar, a unidade de ensino tem apoio de militares na gestão e em atividades cotidianas para que a equipe pedagógica possa se dedicar ao processo de ensino.

“Nós temos um sentimento de realização. O modelo cívico-militar foi assentido pela comunidade em 100%. Foi uma escolha deles”, conta.

O regimento interno do programa das escolas cívico-militares do governo federal destaca que os profissionais do quadro militar devem atuar com base em cinco valores: honestidade, civismo, dedicação, excelência e respeito. Eles também irão orientar os alunos sobre disciplina, criar ações de educação cívica, auxiliar na conservação da unidade, organizar eventos e oferecer apoio socioemocional em situações de bullying.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Chapecó e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Educação

Loading...