Florianópolis reduz a quase zero a fila de espera na educação infantil

Desde 2016, o número de crianças que aguardavam por uma vaga na rede municipal de ensino diminuiu de 3.872 para 77 neste ano

Há pouco mais de um mês, Allice Meinschein Viana, de um ano e meio, que falava poucas palavras, passou a conversar cada vez mais. Os passos, que ainda eram inseguros, se tornaram mais confiantes. Além disto, conta a mãe dela, Gabriella da Silva Meinschein Viana, ela passou a comer melhor durante o dia e a vida mudou.

Fabrício Rieg Viana, Allice e Gabriella da Silva Meinschein Viana: transformação após entrada na creche da rede municipal de ensino de Florianópolis – Foto: Acervo pessoal/NDFabrício Rieg Viana, Allice e Gabriella da Silva Meinschein Viana: transformação após entrada na creche da rede municipal de ensino de Florianópolis – Foto: Acervo pessoal/ND

Toda essa transformação ocorreu após a menina conseguir uma vaga e começar a frequentar o Neim (Núcleo de Educação Infantil) do bairro Abraão, da rede municipal de ensino da Capital. “Amamos o atendimento que eles dão aos pais e às crianças ali na instituição. Quando a gente leva a nossa filha para a escola, ela estende o braço para ir logo com a professora. A gente percebe como ela gosta de ficar ali”, explica o pai da Allice, Fabrício Rieg Viana.

A mãe, Gabriella, acrescenta que a matrícula no Neim representou uma melhoria significativa no dia a dia da família. “Ela fica o dia todo no Neim, então, a gente agora consegue trabalhar e fazer as nossas atividades com mais tranquilidade e a estrutura ali é excelente. O cardápio que eles montam é maravilhoso, a atenção com os pais, nos mandam vídeos das atividades para sabermos como está a Allice, a atenção com as necessidades das crianças. Estamos muito felizes”, afirma.

O casal conta que, por um engano em relação às datas, acabou perdendo o prazo de matrícula no início do ano, mas conseguiu, há cerca de 45 dias, uma vaga remanescente.

Assim como essa família, durante os meses de maio e junho deste ano, foram validadas 2.054 inscrições para uma vaga em Neims (núcleos de educação infantil) da Capital. Desse total, 96,25% conseguiram se matricular, segundo dados da Prefeitura de Florianópolis.

Allice durante atividade na Neim do bairro Abraão, na Capital – Foto: Divulgação/NDAllice durante atividade na Neim do bairro Abraão, na Capital – Foto: Divulgação/ND

Construção de Neims e ampliação das unidades de ensino

De acordo com a Secretaria Municipal de Educação, em 2016, a fila de espera para uma vaga na educação infantil na rede municipal de ensino de Florianópolis era de 3.872 crianças. E agora, em 2021, há apenas 77 aguardando para serem atendidas.

Para desafogar a fila de espera, o município investe na construção de Neims e na ampliação das unidades de ensino. Além disso, a Diretoria de Planejamento e Dados Educacionais, da Secretaria de Educação, tem um setor de acompanhamento e remanejamento de vagas.

“Investir em educação é apostar no futuro da nossa população e da cidade. Essa é uma prioridade em nossa gestão e vamos continuar trabalhando para melhorarmos as estruturas e o acolhimento aos estudantes da Capital cada vez mais”, afirma o prefeito Gean Loureiro.

Neim Evandro de Souza é uma das novas unidades de educação infantil construídas na Capital – PMF/Divulgação/NDNeim Evandro de Souza é uma das novas unidades de educação infantil construídas na Capital – PMF/Divulgação/ND

Monitoramento da equipe

Hoje, uma equipe de monitoramento da Secretaria de Educação fica atenta para que, no momento em que sobre uma vaga, devido, por exemplo, à mudança da família para outro município, entre outras situações, chamar outra criança para imediatamente ser matriculada na rede municipal de ensino.

É função dessa equipe também oferecer aos familiares, quando possível, a oportunidade de matrícula em um Neim que a princípio não era o de preferência deles.

“O número é muito animador, o de termos apenas 77 crianças na fila. Mas, não vamos sossegar enquanto todas as crianças não estiverem acolhidas em nossos espaços”, acrescenta o secretário de Educação, Maurício Fernandes Pereira.

Atualmente, estão sob a responsabilidade da Prefeitura de Florianópolis 14.672 crianças de quatro meses a cinco anos de idade, distribuídas em 83 unidades de educação. Há ainda mais 1.600 crianças em 13 instituições conveniadas que recebem auxílio da Prefeitura.

Novas unidades de educação infantil

– Neim Evandro de Souza (Caieira do Saco dos Limões): 240 vagas

– Neim Sérgio Grando (Morro do Céu): 180 vagas

– Neim Morro do Horácio (Morro do Horácio): 240 vagas

– Neim Vó Terezinha (Santa Vitória): 240 vagas

– Neim Tapera (Tapera): 200 vagas

– Neim Areias do Campeche (Areias do Campeche): 200 vagas (em obras)

– Neim Red Park (Rio Vermelho): 200 vagas (em obras)

Conforme determina a Lei Municipal nº 10.199, de 27 de março de 2017, a Prefeitura Municipal de Florianópolis informa que a produção deste conteúdo não teve custo, e sua veiculação custou R$2.000,00 reais neste portal.

+

Prefeitura de Florianópolis

Loading...