Ministro visita Saudades e leva bíblias às famílias vítimas da chacina em creche

Milton Ribeiro chegou a Saudades por volta das 15h30 e levou palavras de conforto às famílias; governador quer reforçar segurança nas escolas

O Ministro da Educação, Milton Ribeiro, chegou a Saudades, no Oeste catarinense, por volta das 15h30 desta sexta-feira (14). Ele visitou a creche Pró-Infância Aquarela na companhia do governador de Santa Catarina, Carlos Moisés, do prefeito de Saudades, Maciel Schneider e demais autoridades.

Além de trazer uma mensagem de solidariedade, o ministro, bastante emocionado, entregou uma bíblia para cada família vítima da chacina.

Ministro da Educação, Milton Ribeiro, visita a creche de Saudades que foi alvo de ataque no dia 4 de maio – Foto: Willian Ricardo/NDMinistro da Educação, Milton Ribeiro, visita a creche de Saudades que foi alvo de ataque no dia 4 de maio – Foto: Willian Ricardo/ND

“Vim dar um abraço em nome do governo federal a essas famílias e a essa cidade diante dessa tragédia. Sei que as palavras, até mesmo do Presidente da República, não são suficientemente consoladoras como a presença de alguém, por isso que vim e trouxe a palavra de Deus. Eu trouxe uma bíblia para cada família”, conta Milton Ribeiro.

A chacina chamou a atenção de todo o Brasil, segundo o ministro, que afirmou que a morte das crianças e das educadoras não foi em vão. “Vamos voltar aqui para dizer que a morte delas não foi em vão”, conclui o ministro.

Ministro da Educação, Milton Ribeiro, e o governador Carlos Moisés, em visita à creche em Saudades na tarde desta sexta-feira (14) – Foto: Willian Ricardo/NDMinistro da Educação, Milton Ribeiro, e o governador Carlos Moisés, em visita à creche em Saudades na tarde desta sexta-feira (14) – Foto: Willian Ricardo/ND

O governador Carlos Moisés também prestou sua solidariedade e ofereceu mais segurança ao município que tem cerca de 10 mil habitantes.

“Estamos trazendo a solidariedade à cidade e, ao mesmo tempo, tive uma conversa com o prefeito [Maciel Schneider] para que possamos planejar algumas ações e mitigar os efeitos dessa situação grave, além de apoiar as ações que já estão acontecendo”, comenta Carlos Moisés.

Os professores da cidade, além das famílias das crianças, estão em acompanhamento com psicólogos desde a quinta-feira (6), dois dias depois da chacina. O governador também salientou que o governo de Santa Catarina realiza o chamamento público para contratação de vigilantes para fazer a segurança nas escolas.

Família ganhou uma bíblia do ministro da Educação, Milton Ribeiro em visita ao Oeste catarinense – Foto: Willian Ricardo/NDFamília ganhou uma bíblia do ministro da Educação, Milton Ribeiro em visita ao Oeste catarinense – Foto: Willian Ricardo/ND

“Estamos aditivando o chamamento público para seguranças de escolas. São 1.160 escolas estaduais que teremos vigilantes sendo chamados nos próximos dias. Conversando ainda com o prefeito, queremos trazer esperança para a cidade para que a gente possa entender que é um evento que não deve se repetir jamais e criarmos um ambiente favorável e acolhedor”, conclui.

Reforma na creche

A unidade escolar infantil passa por uma reforma depois do ataque ocorrido no dia 4 de maio. A sala de aula em que aconteceram as mortes será transformada em uma área de lazer.

Local onde aconteceu a chacina será um espaço de lazer - Willian Ricardo/ND
1 8
Local onde aconteceu a chacina será um espaço de lazer - Willian Ricardo/ND
Clubes de serviços auxiliam na reforma da creche após o ataque do dia 4 de maio - Willian Ricardo/ND
2 8
Clubes de serviços auxiliam na reforma da creche após o ataque do dia 4 de maio - Willian Ricardo/ND
Creche Pró-Infância Aquarela é reformada nesta semana - Willian Ricardo/ND
3 8
Creche Pró-Infância Aquarela é reformada nesta semana - Willian Ricardo/ND
Secretaria de Educação de Saudades destacou que até mesmo a fachada da creche será transformada - Willian Ricardo/ND
4 8
Secretaria de Educação de Saudades destacou que até mesmo a fachada da creche será transformada - Willian Ricardo/ND
Todos os móveis das salas foram armazenados em um espaço para que a reforça pudesse acontecer - Willian Ricardo/ND
5 8
Todos os móveis das salas foram armazenados em um espaço para que a reforça pudesse acontecer - Willian Ricardo/ND
Desde segunda-feira (10) a unidade escolar infantil recebe melhorias em todas as salas - Willian Ricardo/ND
6 8
Desde segunda-feira (10) a unidade escolar infantil recebe melhorias em todas as salas - Willian Ricardo/ND
Além da reforma estrutural, a creche também receberá nova pintura - Willian Ricardo/ND
7 8
Além da reforma estrutural, a creche também receberá nova pintura - Willian Ricardo/ND
Local da chacina se transformou em um canteiro de obras - Willian Ricardo/ND
8 8
Local da chacina se transformou em um canteiro de obras - Willian Ricardo/ND

De acordo com a secretária municipal de Educação, Gisela Ivani Hermann, os clubes de serviços se dispuseram a transformar o ambiente.

“A escola será transformada, será pintada e naquela sala onde ocorreu a tragédia será criado outro ambiente”.

Ainda segundo a secretária de Educação, a fachada da escola será mudada e “até que isso não aconteça, as aulas estão suspensas e seguem de forma remota”, explica.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Chapecó e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Educação

Loading...