Novo ensino médio será aplicado em todas as escolas estaduais de SC a partir de 2022

Governo estadual detalhou ampliação do projeto, que visa aproximar estudantes do mercado de trabalho e já é aplicado em 120 escolas

Todas 711 escolas estaduais de Santa Catarina serão adequadas ao Novo Ensino Médio a partir de 2022, conforme previsto em lei. O projeto do governo federal, aprovado em 2017 durante o mandato de Temer, já é aplicado de forma piloto em 120 instituições do Estado desde 2020.

Novo ensino médio será aplicado em todas as escolas estaduais de SC a partir de 2022Em cerimônia realizada no dia do Estudante, governo estadual detalhou investimentos e projetos para o ensino – Foto: Peterson Paul/Secom/Divulgação/ND

A ampliação do NEM, sigla do projeto, foi anunciada na tarde desta quarta-feira (11), em cerimônia realizada pela SED (Secretaria de Educação de Santa Catarina) no Teatro Pedro Ivo, em Florianópolis. A pasta também detalhou investimentos e projetos que estão em andamento para o ensino catarinense.

As mudanças são significativas, começando pela distinção da “formação geral básica” e dos “itinerários formativos”. A primeira consiste na parte fixa e obrigatória da formação escolar, já a segunda são disciplinas que o aluno opta por realizar conforme seu interesse. A proporção desta última é maior conforma o estudante avança no ensino médio.

“O objetivo é tornar a escola mais atrativa, é um reposicionamento”, considera o secretário de Educação, Luiz Fernando Vampiro. Para o governador Carlos Moisés (PSL), as alterações também são necessárias para conectar o aluno “ao mundo real e a demanda do mercado“.

“Itinerários”

A parte flexível, que corresponde a 40% do currículo, poderá ser ocupada por temáticas como Educação Tecnológica, Educação Empreendedora, Práticas em Libras, Matemática Financeira, entre outras. As disciplinas serão selecionadas pelas escolas, e a decisão final será do aluno.

“Estamos preparando espaços para que os estudantes se sintam à vontade, com uma carga horária superior àquela existente, para prepará-los para o mundo real. Na escola, ele poderá fazer escolhas, junto com os seus professores”, afirmou o governador.

Investimentos e canal

Durante a cerimônia, a SED listou o andamento das obras e investimentos realizados na educação e importantes para a readequação das escolas. São ambientes alfabetizantes, laboratórios, bibliotecas, áreas de jogos, entre outros. “Ao todo, estamos investindo cerca de R$ 1,4 bilhão, o que inclui uma série de melhorias”, afirmou Vampiro.

Também foi anunciado o lançamento dos dois canais Educa SC, que transmitirão na TV aberta aulas de reforço e complemento pedagógico aos estudantes da rede estadual. O lançamento está marcada para o dia 16 de agosto, e a programação contará com conteúdo 24h, nos sete dias de semanas, assegura a diretora de ensino da SED, Maria Tereza Paulo Hermes Cobra.

Mudanças do NEM

  • carga horária passa de 800 horas/aula/ano para mil horas;
  • distinção entre Formação Geral Básica (mínimo 1,8 mil horas nos três anos) e a Formação Específica/Itinerários Formativos (mínimo de 1,2 mil horas nos três anos);
+

Educação

Loading...