Plataforma virtual oferece cursos gratuitos e vagas de emprego no setor produtivo

Iniciativa faz parte do Movimento SC pela Educação, promovida pelas federações das Indústrias, Comércio, Agricultura e Transportes

Foi lançado nesta quinta-feira (28), pelo Movimento SC pela Educação, uma plataforma virtual que oferece cursos gratuitos, cadastro de currículos e vagas de emprego no setor produtivo de Santa Catarina.

Cursos gratuitos estão disponíveis em site – Foto: Movimento SC pela Educação/ReproduçãoCursos gratuitos estão disponíveis em site – Foto: Movimento SC pela Educação/Reprodução

capacitações nas áreas de empreendedorismo, inglês, matemática, português, mundo digital, finanças pessoais e competências socioeconômicas.

A inciativa é da Federação das Indústrias (FIESC), do Comércio (Fecomércio), da Agricultura (FAESC) e dos Transportes (Fetrancesc), em parceria com Acate, Sebrae/SC, Instituto Ayrton Senna, Centro de Inovação da Educação Brasileira, Junior Achievement, Undime/SC, Sistema Ailos e Prefeitura de Florianópolis.

Foco está na recolocação de profissionais

O foco do projeto está na recolocação de profissionais qualificados no mercado de trabalho e está vinculado ao programa Travessia, que orienta a reinvenção da economia para transformar SC em referência em desenvolvimento sustentável.

“Temos de focar na qualificação destes profissionais neste momento de retomada da economia, oferecendo oportunidades de formação para que ocupem as melhores vagas de emprego. O mercado está aquecido, com novos postos de trabalho, afinal, somos um dos estados que mais gera emprego”, destaca o presidente da FIESC, Mario Cezar de Aguiar.

Acesso a emprego

Além de promover a capacitação gratuita de profissionais, o site acelera o acesso ao emprego, ampliando a renda do catarinense. Oferece, ainda, uma série de cursos gratuitos e 100% a distância, recomendados por instituições parceiras. É possível conferir as vagas disponíveis em todo o estado na indústria, comércio, serviços e turismo, transporte e logística e agricultura.

“Ter mão de obra qualificada reflete positivamente em todos os âmbitos. Na realidade das nossas empresas, significa ter profissionais especializados e é um diferencial muito importante, pois o colaborador se torna referência em sua área de atuação”, afirma o presidente da Fetrancesc, Ari Rabaiolli.

+

Educação