Professores de Itajaí se preparam para o retorno às aulas presenciais

Ano letivo começa no dia 8 de fevereiro, e pais têm opção de escolher entre o ensino presencial ou pelas aulas remotas

Com o retorno das aulas marcado para o dia 8 de fevereiro na rede municipal de Itajaí, professores começam a se preparar para voltar às salas de aula.

O ano letivo promete ser diferente, com grupos se revezando semanalmente para aulas presenciais, além de uma parte dos alunos que deve continuar com o ensino remoto.

Professores de Itajaí se preparam para o retorno às aulas presenciais – Foto: Marcos Porto/SECOM/Divulgação/NDProfessores de Itajaí se preparam para o retorno às aulas presenciais – Foto: Marcos Porto/SECOM/Divulgação/ND

A secretaria de Educação de Itajaí fez uma pesquisa com os pais para saber qual a preferência deles. Até esta terça-feira (2), cerca de 21 mil pais e responsáveis responderam o questionário.

Cerca de 80% dos estudantes deve voltar às aulas presenciais no regime escalonado de aulas e os demais seguirão nas aulas remotas em Itajaí. A pesquisa fica aberta até todos os pais e responsáveis responderem. O questionamento é importante também para organizar o escalonamento das aulas.

Já os educadores assinaram um termo de responsabilidade, para que possam retornar ao ensino presencial. Os profissionais com comorbidades vão poder continuar atuando de forma remota, depois que passarem pela perícia médica. Professores devem voltar ao trabalho presencial nesta quarta-feira (3).

“Quero voltar as aulas presenciais, é melhor para nós professores, pois temos um ‘horário fixo’ por assim dizer. Nas aulas on-line, tentamos ao máximo auxiliar os pais nas dúvidas que eles têm quanto ao conteúdo que era passado a seus filhos, muitas vezes acabava ficando até de madrugada”, conta uma professora da rede municipal, que preferiu não se identificar.

Ela e outros colegas, no entanto, se preocupam com a volta. “Temos uma preocupação muito grande, principalmente porque seguimos a quarentena de maneira regrada, em casa desde março”, conta.

Ela conta que sentiu falta de instruções claras para o retorno, como orientações com equipes de saúde, além de informações sobre a disponibilidade de equipamentos de proteção.

“Queremos poder fazer nosso trabalho bem feito, pois a qualidade de nosso trabalho depende muito de como está o nosso emocional, principalmente numa situação como essa”, desabafa a professora.

A secretaria de Educação de Itajaí, por meio da assessoria, informou que foram comprados equipamentos para todas as escolas, como termômetros e álcool em gel. Os professores também devem receber EPIs (Equipamentos de Proteção Individual), como máscaras e face shield.

Itajaí recebeu 1,8 mil doses da CoronaVac. – Foto: Marcos Porto/Prefeitura de Itajaí/DivulgaçãoItajaí recebeu 1,8 mil doses da CoronaVac. – Foto: Marcos Porto/Prefeitura de Itajaí/Divulgação

Vacinação

Professores estão na fase 4 da campanha de imunização contra Covid-19, de acordo com o Plano Estadual de Vacinação do governo de Santa Catarina. “A vacinação já nos traria um pouco mais de ‘tranquilidade’ para voltar presencialmente para as escolas”, conta a professora.

Forças de segurança e salvamento, e funcionários do sistema prisional também estão incluídos na fase 4. Atualmente, a vacinação está na fase 1, com prioridade para profissionais da saúde e idosos que vivem em instituições de longa permanência (como asilos e instituições psiquiátricas), além de indígenas.

Antes dos professores, estão ainda pessoas de 60 a 74 anos (na fase 2) e pessoas com comorbidades.

Acesse e receba notícias de Itajaí e região pelo WhatsApp do ND+

Entre no grupo
+

Educação