Karina Manarin

Com foco em notícias de política, o blog traz todos os dias também as informações do cotidiano e que interferem diretamente na vida das pessoas de todo o Sul Catarinense.


Projeto garante meia-entrada a acompanhantes de Pessoas com deficiência

Projeto de lei apresentado pelo deputado estadual catarinense Neodi Saretta, do PT, pretende garantir aos acompanhantes de pessoas com deficiência , o direito à meia-entrada em eventos

Projeto de lei apresentado pelo deputado estadual catarinense Neodi Saretta, do PT, pretende garantir aos acompanhantes de pessoas com deficiência , o direito à meia-entrada em eventos culturais, esportivos, de lazer e entretenimento realizados em Santa Catarina.

Deputado Neodi Saretta é autor da proposta que pretende garantir meia entrada para acompanhantes de Pessoas com Deficiência – Foto: Fábio Queiroz/Agência AL/NDDeputado Neodi Saretta é autor da proposta que pretende garantir meia entrada para acompanhantes de Pessoas com Deficiência – Foto: Fábio Queiroz/Agência AL/ND

A proposta altera a lei vigente que garante a meia-entrada às pessoas com deficiência, porém não contempla o acompanhante. “É fundamental garantir também a meia-entrada ao acompanhante, pois, muitas vezes, a pessoa possui limitações que necessitam de um apoio para seu bem-estar e segurança, bem como um espaço adequado quando for necessário”, justifica o deputado.

A iniciativa pretende assegurar às pessoas com deficiência e seu acompanhante acesso aos eventos mediante pagamento da metade do preço do ingresso efetivamente cobrado do público em geral. O deputado ressalta que o lazer é um direito de todos, garantido na Constituição Federal, e que não é permissível limitar a possibilidade de participação das PcD em eventos por falta de um acompanhante. “Para quem precisa, é muito importante estar acompanhado de uma pessoa de confiança. É o caso de muitos deficientes visuais, cadeirantes, autistas, portadores de síndrome de down e pessoas com deficiência intelectual, por exemplo”, justifica.

Saretta lembra que nem todo evento tem a estrutura adequada para atender quem têm alguma dessas deficiências e, nesses casos, a presença do acompanhante vai fazer toda a diferença.

De acordo com a proposta, para ter direito ao benefício, é necessário comprovar a condição de acompanhante de pessoa com deficiência, na forma do regulamento.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
Loading...