Projetos inovadores trilham caminho de excelência na educação municipal de Gaspar

Entre as iniciativas mais recentes para a educação estão a parceria com Google, aquisição de Chromebooks, projeto para inclusão de autistas e programas para impulsionar o desempenho dos estudantes

Conjunto de ações promovido neste ano para melhorar a qualidade da educação de Gaspar – Foto: Prefeitura de Gaspar/DivulgaçãoConjunto de ações promovido neste ano para melhorar a qualidade da educação de Gaspar – Foto: Prefeitura de Gaspar/Divulgação

A educação é a base de tudo. Mas além de um bom ensino, é necessário se adaptar às constantes mudanças no mundo, com alunos e educadores atualizados (e integrados) para enfrentar novos desafios. Pensando nisso, a Prefeitura de Gaspar tem desenvolvido uma série de ações na rede municipal de ensino – do investimento em tecnologia à promoção de atividades para estimular o desenvolvimento dos estudantes.

Entre elas está o Projeto Integrar, serviço inovador que vai colocar uma equipe de profissionais à disposição de alunos com TEA (Transtorno Espectro Autista). Também o 1º Concurso de Oratória nas Escolas, que vai premiar os estudantes e educadores que melhor desenvolverem a habilidade no torneio. Outro projeto é o Conexão 180º, que vai envolver toda a comunidade – das famílias à direção das escolas – para impulsionar o aprendizado.

As iniciativas fazem parte do Conexão Educa Gaspar, conjunto de ações promovido neste ano pela melhoria da qualidade da educação do município. “Temos um compromisso de ofertar uma educação de qualidade e perseguimos isso”, destaca o secretário municipal de Educação, Emerson Antunes.

Prefeitura de Gaspar investe em tecnologia, com parceria inédita com o Google – Foto: Elisiane RodenPrefeitura de Gaspar investe em tecnologia, com parceria inédita com o Google – Foto: Elisiane Roden

Além dos projetos, a Prefeitura também investiu em tecnologia no último ano, com parceria inédita com o Google e aquisição de 775 Chromebooks para as instituições de ensino do município.

Projeto Integrar: a importância da inclusão dos autistas

Inclusão, desenvolvimento e assistência para crianças e adolescentes com TEA (Transtorno Espectro Autista): esse é o objetivo do Projeto Integrar. O serviço que está em fase de implementação por meio da Secretaria de Educação visa o acompanhamento e monitoramento de aproximadamente 113 alunos com o transtorno, que estão matriculados na rede municipal de ensino.

O projeto foi um pedido direto do prefeito Kleber Wan-Dall. “Vamos ofertar uma gama de profissionais a essas crianças e acreditamos que vai transformar a vida delas”, comemora o secretário Antunes, ao adiantar que está sendo preparado um espaço especial para estimular esses estudantes. “A ideia é que essas crianças tenham um atendimento até mesmo superior à rede particular”, acrescenta.

Visando a inclusão social, o programa vai contar com atendimento individual de cada caso, atividades externas, interação, comunicação e promoção da saúde, com apoio psicossocial e reabilitação, conforme o projeto terapêutico de cada aluno. Além do apoio aos estudantes, o programa vai proporcionar o apoio integral às famílias. O atendimento será realizado por uma equipe multidisciplinar, com psicólogos, psicopedagogos e terapeuta ocupacional.

“Esse projeto traz melhorias para todos nossos alunos com TEA. Aumentamos a rede inclusiva, desmitificando os mitos existentes, mostrando através do atendimento especializado que é possível que esses alunos tenham uma melhora na qualidade de vida e a uma educação de qualidade”, destaca o prefeito Wan-Dall.

Para Eliane Schmidt, presidente da AMA Gaspar (Associação de Pais e Amigos do Autista), este é um sonho conquistado por toda a comunidade autista gasparense. “O projeto é muito importante, estou emocionada, foi uma grande surpresa. A gente está há muito tempo buscando algo pela nossa comunidade, todas as famílias sabem que esse é o nosso maior objetivo, buscar um atendimento multidisciplinar para os alunos. Estamos gratos pela Prefeitura tê-lo acolhido”, destaca.

1º Concurso de Oratória nas Escolas

A boa comunicação é essencial para o desenvolvimento profissional e pessoal. É por isso que a Prefeitura de Gaspar promove neste ano o 1º Concurso de Oratória nas Escolas. Podem participar alunos dos 8° e 9° anos de toda a rede pública de ensino da cidade – municipal ou estadual. Com três etapas, a grande final acontece em 8 de novembro.

Os alunos contam com atividade externa – Prefeitura de Gaspar/DivulgaçãoOs alunos contam com atividade externa – Prefeitura de Gaspar/Divulgação

“Concursos de oratória são muito comuns nos Estados Unidos, justamente por saberem da importância de fomentar este preparo dos jovens para a comunicação social. Alunos do 8º e 9º anos logo estarão se profissionalizando, ingressando ao mercado de trabalho e faculdade. Ter uma boa oratória é um grande diferencial, não existe a arte de falar bem, pois todos nós podemos desenvolvê-la”, destaca o prefeito Wan-Dall.

Antes do concurso, os alunos serão capacitados pelos educadores para desenvolver a oratória. A técnica consiste em falar publicamente sobre determinado assunto, com avaliações da voz, da mensagem transmitida e da apresentação em geral. São analisados o desenrolar do tema, clareza, entonação e dicção da fala, desenvoltura com o público e linguagem corporal.

Todos os finalistas e professores receberão medalha de participação. Os três melhores colocados e seus respectivos orientadores ainda vão ganhar troféus e outra premiação surpresa, que será anunciada pela comissão organizadora.

Conexão 180º: projeto inovador para excelência na educação

Uma conexão inovadora que vai do aluno e sua família até o professor e a direção da escola, envolvendo toda a comunidade. O objetivo: a excelência na qualidade de ensino, com a identificação de dificuldades e estímulo dos potenciais dos estudantes. Essa é a proposta do Projeto Conexão 180°, da Secretaria de Educação de Gaspar.

Com início marcado para 18 de junho, o projeto prevê uma série de ações, desde diagnósticos até projetos inovadores pelo avanço na qualidade do ensino na cidade. O programa é dividido em quatro etapas e tem como público-alvo os estudantes matriculados no 5º e 9º anos, além de professores, gestores e familiares que integram a Rede Municipal de Educação. O término é previsto para 17 de setembro.

O projeto propõe atividades pedagógicas nas disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática – tudo com foco nas matrizes de referência do SAEB (Sistema de Avaliação da Educação Básica).

O primeiro passo do Conexão 180° é o diagnóstico dos níveis de aprendizagem dos alunos do ensino fundamental nessas disciplinas. A atividade será uma espécie de “Gincana do Conhecimento”, com premiação para os educadores e turmas com melhor desempenho.

Diagnóstico dos níveis de aprendizagem dos alunos do ensino fundamental – Foto: Prefeitura de Gaspar/DivulgaçãoDiagnóstico dos níveis de aprendizagem dos alunos do ensino fundamental – Foto: Prefeitura de Gaspar/Divulgação

A segunda etapa é a realização de questões de matemática e língua portuguesa, elaborada por turma. A terceira é a avaliação do diagnóstico e aplicação de avaliações. A quarta e última etapa é uma avaliação do percentual de frequência dos estudantes das turmas durante a aplicação do diagnóstico. O resultado final e premiação ocorrem em 17 de setembro, aos alunos, professores, coordenadores e diretores das turmas vencedoras.

Realização de questões de matemática e língua portuguesa – Foto: Prefeitura de Gaspar/DivulgaçãoRealização de questões de matemática e língua portuguesa – Foto: Prefeitura de Gaspar/Divulgação

“É uma ação incrível, tendo em vista que ela irá proporcionar aos alunos um maior rendimento, um acompanhamento ainda mais efetivo pelo professor. Além disso, o projeto resgata o protagonismo do professor, pois não somente ele estará em sala de aula, mas irá pertencer ao movimento e andamento do Conexão 180°”, comemora a diretora da EEB. Olímpio Moretti, Dorli Búrigo Luchini Bonin.

Parceria inédita com o Google

A pandemia trouxe um novo desafio para a educação em todo o mundo: o ensino à distância. Com necessidade de se reinventar em um curto espaço de tempo, a Prefeitura de Gaspar firmou uma parceria inédita com o Google.

A ferramenta Google For Education (Google Sala de Aula) ampliou as ações no ensino remoto, auxiliando os alunos na rotina diária de estudos. O projeto conta com um pacote de ferramentas para auxiliar na produtividade, aumentar as oportunidades de pensamento crítico, comunicação, colaboração e criatividade.

Google For Education (Google Sala de Aula) ampliou as ações no ensino remoto – Foto: Elisiane RodenGoogle For Education (Google Sala de Aula) ampliou as ações no ensino remoto – Foto: Elisiane Roden

Todos os alunos e professores recebem uma conta para acessar o Google Sala de Aula e demais aplicativos da plataforma G Suite. A Secretaria de Educação disponibiliza um ambiente online exclusivo para que os professores e estudantes tenham acesso a tutoriais, além de um canal exclusivo no aplicativo de mensagens WhatsApp para esclarecimentos de dúvidas.

Alunos recebem uma conta para acessar o Google Sala de Aula e aplicativos da plataforma G Suite – Foto: Prefeitura de Gaspar/DivulgaçãoAlunos recebem uma conta para acessar o Google Sala de Aula e aplicativos da plataforma G Suite – Foto: Prefeitura de Gaspar/Divulgação

Os educadores podem criar turmas, distribuir atividades, enviar feedback e ver tudo em um único lugar. O Google Sala de Aula também se integra a outras ferramentas do Google, como o Documentos Google, Google Drive e Google Meet.

Aquisição de Chromebooks

O investimento em tecnologia não para por aí. A Prefeitura adquiriu 775 unidades de Chromebooks para as instituições de ensino na rede municipal. Os equipamentos são utilizados como um laboratório de informática móvel aos estudantes, além de servir como instrumento de trabalho para os próprios professores.

“A educação transforma pessoas, e por esse motivo não medimos esforços para oferecer aos nossos alunos um ensino de qualidade. Os Chromebooks proporcionam a inclusão digital e social, além de ser uma ótima ferramenta pedagógica”, destaca o prefeito Kleber Wan-Dall.

Prefeitura investe em 775 unidades de Chromebooks para as instituições de ensino na rede municipal – Foto: Elisiane RodenPrefeitura investe em 775 unidades de Chromebooks para as instituições de ensino na rede municipal – Foto: Elisiane Roden

Todas as 14 unidades municipais de ensino básico receberam os aparelhos, para acesso dos alunos à internet e aplicativos educacionais. Os conteúdos são controlados pelos professores e tornam as aulas mais atraentes. O investimento foi de R$ 2.028.950,00.

“A educação sempre foi prioridade. Aplicar recursos não é só uma obrigação legal, mas também uma forma de garantir um futuro ainda mais promissor e com mais qualidade de vida para nossas crianças e para nossa Gaspar”, finaliza o prefeito.

+

Prefeitura de Gaspar