Saiba quando voltam às aulas nas universidades do Oeste de SC

Em Chapecó, a Universidade Federal da Fronteira Sul já iniciou as atividades nesta quarta-feira (17); confira as datas das demais

O agravamento na pandemia da Covid-19 interferiu também na retomada das aulas nas IES (Instituições de Ensino Superior) do Oeste de Santa Catarina. Em Chapecó, as quatro principais universidades da cidade precisaram reorganizar suas atividades para garantir o retorno às atividades letivas de maneira segura.

Alunos em sala de aula assistindo as aulas do professor falar todos estão de máscara e respeitando o distanciamento. A foto é de alunos da Unochapecó.As aulas síncronas são uma opção segura de retomada das atividades. – Foto: Unochapecó/Divulgação/ND

Unochapecó

A Unochapecó (Universidade Comunitária da Região de Chapecó) retoma as atividades na próxima segunda-feira (22). Porém, até o dia 1º de março, cumprindo a orientação da prefeitura, a instituição manterá as aulas apenas teóricas e de forma remota e síncrona.

De acordo com a assessoria de imprensa da universidade, a partir de 1º de março, até o fim do semestre, as atividades teóricas presenciais e remotas síncronas serão realizadas seguindo as indicações dos estudantes, conforme resultado de uma pesquisa realizada pela instituição e seguindo à risca as orientações sanitárias de saúde.

Já as aulas práticas presenciais serão realizadas a partir da metade do semestre, também como forma de garantir a segurança de todos.

Unochapecó retomará as aulas remotas e síncronas no dia 22 de fevereiro. – Foto: Unchapecó/Divulgação/NDUnochapecó retomará as aulas remotas e síncronas no dia 22 de fevereiro. – Foto: Unchapecó/Divulgação/ND

A universidade destacou, também, que o cronograma poderá ser alterado se novos decretos ou novas orientações sanitárias forem divulgados. Novidades ou mudanças serão publicadas nos canais de comunicação da Unochapecó.

A instituição informou que vem adotando todas as medidas de segurança estabelecidas pelas autoridades sanitárias para dar continuidade às suas atividades. Entre elas estão: aulas remotas síncronas; investimentos em equipamentos tecnológicos; medição de temperatura e obrigatoriedade do uso de máscaras.

Além disso, garantirá a disponibilização de álcool gel em pontos estratégicos do campus e salas de aulas; colocou proteções de acrílico em pontos de atendimento; elaborou protocolo de acompanhamento para casos suspeitos ou confirmados; realizará campanhas educativas; entre outras ações de prevenção.

Investimento em alta tecnologia

A Unochapecó destacou que investiu em equipamentos de alta tecnologia para a realização de aulas síncronas, ou seja, quem está em casa poderá assistir em tempo real a atividade que está sendo ministrada na sala de aula.

Inicialmente, foram adquiridos 50 equipamentos para colocar tanto os estudantes que estão acompanhando a aula em casa, quanto presencialmente, numa experiência diferenciada.

Conforme a universidade, o equipamento possui câmera Full HD 4k e tem inteligência artificial incorporada. Entre suas diversas funções, tem a capacidade de seguir o professor em sala de aula, podendo o aluno acompanhar em tempo real, mesmo que o professor se movimente. É como se um operador de câmara estivesse filmando ao vivo. Tem a capacidade, também, de criar zonas de som.

“O ano de 2021 começa ainda com muitas situações como no ano de 2020, mas com a expectativa de que com a vacinação avançando, as condições normais começarão a ser retomadas”, comenta o reitor da Unochapecó, professor Claudio Jacoski.

Unoesc

Na Unoesc Chapecó as aulas iniciarão no dia 22 de fevereiro de forma remota com aulas online. Assim permanece até o dia 1º de março quando o retorno está previsto em forma de rodízio presencial e online, conforme o aluno escolheu na matrícula, seguindo sempre as normas sanitárias.

Fachada da universidade Unoesc, em ChapecóNa Unoesc as atividades também serão remotas e síncronas. – Foto: Unoesc/Divulgação/ND

Porém, a instituição informou que aguarda determinações do município. Se um novo decreto proibir aulas presenciais a partir do dia 1º de março as aulas continuarão remotas.

A universidade também tem campus nos municípios de Joaçaba, Xanxerê, Videira, São Miguel do Oeste Xaxim, Capinzal, Maravilha, Pinhalzinho, Campos Novos e São José do Cedro. Todos seguirão as mesmas recomendações de segurança contra a Covid-19.

Retorno seguro

Para garantir um retorno seguro, a universidade elaborou um plano de retomada estruturando os ambientes, capacitando os docentes e as equipes técnicas, equipando as salas de aulas com câmeras para transmissão síncrona e reforçando os protocolos de segurança.

Conforme explicou o pró-reitor administrativo da Unoesc, professor Ricardo Antonio De Marco, para o retorno às aulas presenciais foram realizados inúmeros investimentos em especial na estrutura física da universidade, considerando todo o aparato necessário de biossegurança.

Além disso, De Marco ressaltou que foi feito investimento em tecnologias, que pretendem fornecer de modo online, remoto, e direto um contato com os alunos que eventualmente não tiverem condições de irem às aulas presenciais.

Foram adquiridos, a nível institucional, 1.217 equipamentos entre notebooks, microcomputadores, projetores, câmeras webcam, tripés e caixas de som.

“Nós queremos abordar todos os nossos acadêmicos, professores, a comunidade acadêmica em geral, destacando, que a partir desta preocupação garantimos o compromisso institucional, o cumprimento da sua missão e visão no que tange a qualidade do seu ensino, e a preocupação com o estudante”, acrescentou o professor.

Universidade Federal da Fronteira Sul

As aulas no campus Chapecó da UFFS (Universidade Federal da Fronteira Sul) iniciaram nesta quarta-feira (17). As atividades acadêmicas são referente ao segundo semestre letivo de 2020, conforme previsto no Calendário Acadêmico da universidade. O término das atividades do semestre letivo 2020.2 está previsto no calendário para 26 de maio.

Fachada da universidade UFFS em ChapecóA UFFS também seguirá as recomendações de segurança do município – Foto: UFFS/Divulgação/ND

A instituição leva em consideração o NSO (Nível de Segurança Operacional) para determinar o que é permitido em cada campus. Em Chapecó o NSO foi mantido em 5 no mês de fevereiro, ou seja, apresenta risco altíssimo e, por isso, a maioria das atividades seguem sendo remotas.

Conforme o diretor da UFFS Chapecó, Roberto Mauro Dall’Agnol, somente “havendo melhoria dos indicadores e a ampliação da vacinação, a tendência, e nossa expectativa, é a de que possamos retornar às atividades presenciais no decorrer dos próximos meses”.

A universidade explicou que estudantes de alguns cursos, como Medicina, Enfermagem, Administração, Ciência da Computação e Agronomia, estão em atividades presenciais, especialmente ligadas a estágios (curriculares supervisionados e não obrigatórios), atividades teórico-práticas e internato.

Uceff

Com campus em Chapecó, Caçador, Itapiranga e São Miguel do Oeste, além de Barracão(PR), a UCEFF retomará as aulas no dia 1º de março em todas as unidades da instituição.

A universidade adotará sistema de rodízio para receber seus alunos. Esse sistema será supervisionado pelo Comitê Interno de Enfrentamento à Covid-19 e cada coordenador organizará diretamente com os alunos como ele acontecerá. Semanalmente, serão definidos os rodízios via grupos de whatsapp das turmas.

Fachada da universidade UCEFF em ChapecóAs aulas serão retomadas apenas no dia 1º de março na UCEFF. – Foto: UCEFF/Divulgação/ND

Além disso, todas as aulas serão gravadas e transmitidas ao vivo. A UCEFF também destacou que estará se baseando no PlanCon-Edu/COVID-19, o Plano de Contingência da Educação, protocolado nas prefeituras das cidades onde está a instituição.

Em Chapecó

Em Chapecó, a instituição salientou que está atenta à situação da pandemia e atenderá todas as recomendações da prefeitura. O diretor Geral da UCEFF, Leandro Sorgato, esclareceu que a universidade está solidária, acompanhando criteriosamente tudo o que está acontecendo.

“Estamos preocupados com todos que perderam amigos e familiares nesta pandemia. Ao mesmo tempo, observamos as recomendações da Prefeitura e vamos seguir todos os protocolos”, disse.

Nas cidades de Caçador, Itapiranga, São Miguel do Oeste e Barracão (PR), não há nenhum decreto referente à suspensão de aulas presenciais. Portanto, tanto em Chapecó quanto nestas cidades, a UCEFF seguirá adotando seu Plano de Contingência para uma volta responsável e, caso possível, presencial, seguindo todos os protocolos de segurança definidos junto à Comissão Interna de Enfrentamento à Covid-19.

Acesse e receba notícias de Chapecó e região pelo WhatsApp do ND+

Entre no grupo
+

Educação