Saiba tudo sobre como os grandes jogos começaram

Os grandes jogos de videogame passaram por mudanças nas últimas décadas, mas a essência de suas origens permaneceu a mesma: a criatividade

Houve uma época em que avançar de fases e derrotar chefões pixelados era o auge dos videogames. Cenários bidimensionais, músicas em oito bits e os desejáveis checkpoints também fizeram história na evolução desse universo dos grandes jogos, que há tempos deixou de ser apenas um passatempo.

Jovem aproveita para passar o tempo se divertindo com os grandes jogosOs grandes jogos marcaram gerações e impulsionaram o desenvolvimento do segmento, com novas tecnologias e experiências – Foto: iStock/divulgação/ND

Títulos como Roblox e Minecraft, por exemplo, exploram o conceito de sandbox (caixa de areia, em português) e trazem uma infinidade de maneiras de se aventurar no mundo virtual.

A ideia de criar o próprio mundo não é exatamente nova. SimCity, desde a primeira versão, em 1989, revigorou o segmento com a possibilidade de construir cidades.

RollerCoaster Tycoon, dez anos depois, trouxe a chance de montar e gerenciar o próprio parque de diversões. Já The Sims, em 2000, foi a alma do negócio: permitiu formar famílias inteiras, com personalidades próprias, e arquitetar casas e carreiras – um clássico dos grandes jogos.

Com Roblox, no entanto, a diversão foi a um novo patamar. A plataforma permite que os usuários criem os próprios avatares, além de espaços e jogos para outros jogadores – quase como uma versão virtual dos Legos.

O ambiente possibilita mais do que uma interação tradicional ou a disputa por itens e missões: é a oportunidade de exercitar criatividade e planejamento.

A pandemia contribuiu para que o Roblox tivesse uma grande alta, suprindo um pouco da carência por interações reais com os amigos. O número de usuários ativos por mês passou de 95 milhões, em maio de 2019, para 211 milhões em maio deste ano.

E o infinito é o limite: em um momento você pode curtir uma partida de Jailbreak, enquanto no instante seguinte adota um pet.

Atenção!

Há muito o que aproveitar no Roblox sem ter que gastar dinheiro de verdade com objetos virtuais. E vale sempre tomar cuidado com jogadores mal-intencionados na hora de trocar itens!

Como os grandes jogos começaram

Todos os grandes jogos online começaram com uma simples ideia. Seja inventando um mundo inédito, conceitos desafiadores de jogabilidade ou maneiras de disputar entre os amigos, até os games mais populares passaram por uma fase inicial. Confira curiosidades sobre o surgimento desses jogos online:

Dota 2

Um dos grandes jogos do mundo começou como um mod (modificação) de outro título de sucesso, o Warcraft III, em 2003. A inspiração veio também de um mapa customizado de Starcraft.

O primeiro Dota foi criado de forma colaborativa, com uma ferramenta de edição de mapas, e é considerado o primeiro jogo do gênero MOBA (arena de batalha multijogador online, na tradução da sigla em português) entre os esports. A versão “evoluída”, Dota 2, foi lançada em 2013.

League of Legends

Dois estudantes de faculdade imaginaram o LOL como uma sequência do Dota. Os testes só começaram três anos após o início da concepção, em convenções de jogos, e o lançamento foi em 2009. Atualmente é um dos esports mais populares do mundo e tem cerca de 125 milhões de jogadores ativos mensalmente.

Minecraft

O que hoje é o jogo mais vendido de todos os tempos, com mais de 238 milhões de cópias, começou com a simples ideia de um programador sueco: um mundo aberto que permitia construções em blocos 3D. O game independente foi feito inicialmente com a linguagem de programação Java, desbancou grandes franquias e foi comprado pela Microsoft.

Fortnite

Esse projeto ficou em desenvolvimento por sete anos, após o anúncio oficial, em 2011. Isso porque a desenvolvedora Epic Games trabalhava em uma tecnologia para criar um rival do Minecraft.

O conceito inicial do Fortnite estimulava os jogadores a construir bases para se proteger de tempestades e monstros, mas a ascensão do gênero battle royale garantiu um novo rumo.

Os 7 representantes do legado desconectado

Quando foi a última vez que você jogou um jogo offline? Muito antes dos mundos compartilhados, já existiam criativas histórias jogáveis, bem como divertidos games para passar o tempo.

Conheça alguns dos seus protagonistas e seus méritos e marque quais você já acompanhou em aventuras!

  1. Pac-Man (1980) – A mecânica simples não impediu essa figura de deixar a sua marca, inclusive fazendo uma ponta no filme “Detona Ralph”, da Disney;
  2. Mario (1981) – Foram mais de 200 jogos ao longo de 41 anos – os títulos mais clássicos são Super Mario World e Super Mario Kart. E o legado foi além: o encanador ganhou até um parque de diversões no Japão;
  3. Link (1986) – Sempre acompanhado de sua icônica espada, o protagonista de “A Lenda de Zelda” também já deu as caras em desenhos, mangás e dezenas de aventuras paralelas;
  4. Sonic (1991) – Agora um astro de dois filmes de sucesso, o ouriço azul é mascote da Sega e foi criado para ser rival do Mario;
  5. Lara Croft (1996) – A arqueologista, imortalizada no cinema por Angelina Jolie, é a estrela da franquia Tomb Raider e de aventuras desafiadoras em meio a tumbas e cenários históricos;
  6. Pikachu (1996) – Dos clássicos jogos de Game Boy ao revigorante Pokémon GO, o eletrizante rato amarelo é o sonho dos treinadores e se tornou o mascote da Nintendo e uma figura reconhecida por todos;
  7. Crash Bandicoot (1996) – O marsupial é resultado de um experimento científico que deu errado e foi a principal cara do Playstation por anos. Cheio de movimentos e golpes hilários, teve a sua trilogia original remasterizada e ganhou uma aventura inédita em 2020.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Educação

Loading...