Salário dos professores começa a ser pago em SC e se torna um dos maiores do país

Governo de SC deu início, nesta terça-feira, ao pagamento mínimo de R$ 5 mil aos professores da rede estadual

O governo de Santa Catarina deu início nesta terça-feira (31), ao pagamento mínimo de R$ 5 mil aos professores da rede estadual. O reajuste serve para professores efetivos, temporários e aposentados com ensino superior e carga horária de 40 horas semanais.

Reajuste para os professores de SC é considerado histórico pelos valores envolvidos – Foto: Moisés Stuker/NDTVReajuste para os professores de SC é considerado histórico pelos valores envolvidos – Foto: Moisés Stuker/NDTV

A medida abrange, aproximadamente, 49 mil educadores da rede do Estado. Outro detalhe a respeito do pagamento é a condição retroativa do pagamento que é referente ao mês de fevereiro. O Estado informou que a intenção é que esses valores sejam parcelados.

O reajuste, considerado histórico também em nível de Brasil, foi originado em uma PEC (Proposta de Emenda à Constituição) e aprovado na Alesc (Assembleia Legislativa de Santa Catarina).

“É o nosso reconhecimento ao trabalho de todos os professores. São eles os grandes agentes de transformação e formação das gerações. Desde 2019, trabalhamos e investimos para fazer a Educação de Santa Catarina uma referência nacional. Não é promessa, não é discurso. São ações concretas, cujos resultados já se fazem notar”, disse o governador Carlos Moisés.

Entenda a PEC

Trata-se de uma PEC (Proposta de Emenda Constitucional), que altera a constituição do Estado em um ponto específico sobre os vencimentos do magistério estadual.

O secretário de Estado da Educação, Luiz Fernando Vampiro, destacou que é um aumento expressivo de remuneração, chegando a um patamar de aproximadamente R$ 600 milhões em 2021. Os pagamentos serão retroativos a fevereiro deste ano. Os valores referentes aos meses anteriores serão parcelados e pagos até novembro.

Professores da rede estadual de educação; professores vão receber um dos maiores pisos do Brasil – Foto: Maurício Vieira/SecomProfessores da rede estadual de educação; professores vão receber um dos maiores pisos do Brasil – Foto: Maurício Vieira/Secom

“Quem acompanhou o processo de retomada das aulas presenciais, em fevereiro, sabe que foi um grande desafio. Eu tinha acabado de assumir a secretaria e fiquei impressionado com os esforços, todos juntos pela educação catarinense. Este é um reconhecimento pelo trabalho dos nossos professores, assim como foi a prioridade na vacinação e como será com a entrega dos notebooks e do novo plano de carreira do magistério”, pontuou Luiz Fernando Vampiro.

Descompactação da carreira do magistério

O secretário explicou ainda que o Governo do Estado está fazendo um trabalho de descompactação da carreira do magistério. Isso faz com que o profissional inicie a carreira recebendo R$ 5 mil, mas possa progredir na remuneração, com cursos de aperfeiçoamento e capacitação, até o nível de doutorado. Esse projeto de lei deve ser levado ainda neste ano para apreciação da Alesc e, se aprovado, estará vigente em 2022.

+

Educação

Loading...