Servidores da Educação de Navegantes entram em estado de greve

Profissionais defendem que o retorno seguro das aulas presenciais só deve acontecer quando a classe for vacinada

Servidores de mais uma cidade da região da Foz do Rio Itajaí decretaram estado de greve nesta terça-feira (16). A categoria reivindica a paralisação das aulas presenciais na rede municipal de Navegantes. Caso entrem em greve, as aulas devem seguir de forma remota, como foi em 2020.

Servidores da Educação de Navegantes entram em estado de greve – Foto: Maria Fernanda Salinet/NDServidores da Educação de Navegantes entram em estado de greve – Foto: Maria Fernanda Salinet/ND

A decisão foi tomada pelos profissionais da Educação do município em Assembleia Geral. De acordo com o Sindifoz (Sindicato dos Servidores Públicos Municipais da Região da Foz do Rio Itajaí), um retorno seguro das atividades presenciais só vai ocorrer quando a categoria for vacinada.

Uma nova Assembleia Geral será marcada na próxima semana para deliberar sobre o tema.

Servidores afastados

A secretária da pasta, Marília Soares, estava internada no Hospital Marieta Konder Bornhausen, em Itajaí, e na última segunda-feira (15) foi transferida para um leito de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) em Brusque.

Também enquanto aguardava um leito de UTI, faleceu Eliane Gomes Mafra de 47 anos, nesta segunda-feira (15). Ela atuava na gerência do Recursos Humanos da secretaria de Educação.

A secretaria de Educação de Navegantes informou que ainda “não fomos comunicados oficialmente”.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Itajaí e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.

+

Educação