Ranking aponta UFSC e Udesc entre as 1.001 melhores universidades do mundo

Na lista há 52 universidades brasileiras, das quais 35 são instituições federais, 11 estaduais e seis particulares

O Ranking da THE (Times Higher Education) aponta duas universidades de Santa Catarina entre as 1.001 melhores do mundo.

UFSC aparece na colocação 601 a 800 – Foto: Divulgação/ND

A UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina) se encontra ranqueada na colocação 601 a 800, e a Udesc (Universidade do Estado de Santa Catarina) na colocação 1001+.

A lista é considerada um dos principais rankings universitários do mundo. Das representantes brasileiras, 35 são universidades federais, 11 estaduais e seis particulares.

O ranking é liderado por Oxford, universidade britânica, pelo quinto ano seguido.

UFSC

No âmbito nacional, a UFSC se mantém entre as oito melhores instituições de ensino superior do país.

“Desde 2016, nós começamos a analisar as metodologias e os indicadores desses sistemas de ranqueamento das universidades e percebemos que existem critérios específicos para cada um desses rankings”, explica o secretário de Relações Internacionais da UFSC, Lincoln Paulo Fernandes.

“No caso do THE, a gente percebe, analisando o resultado de 2021, que a UFSC, dentre as federais, só fica atrás da UFRGS e da UFMG. As duas primeiras são universidades estaduais paulistas. Ficamos muito felizes, porque podemos dizer que, segundo esse ranking, a UFSC se coloca como a terceira melhor universidade federal do Brasil”, completa.

Udesc

O reconhecimento é “um excelente indicativo” de que a universidade ganha destaque internacional, segundo o reitor da cátedra, Dilmar Baretta.

A universidade ainda aparece como a 14ª melhor instituição de ensino superior do país.

“Para avançarmos nesse contexto, pretendemos reforçar, por exemplo, nossas ações de ensino, pesquisa, extensão, inovação e intercâmbio em parceria com diversas instituições de outros países”, afirma Barreta.

Udesc também foi bem ranqueada em outros rankings – Foto: Divulgação/ Udesc

Brasileiros na lista

Na nova lista há 52 universidades brasileiras, seis a mais do que em 2019. Assim, o Brasil fica na frente da Itália e da Espanha em quantidade de universidades no ranking. Foram avaliadas mais de 1,5 mil universidades de 93 países.

O levantamento da THE é elaborado a partir de 13 indicadores que abordam cinco dimensões: ensino, pesquisa, citações de artigos científicos, transferência de tecnologia e internacionalização.

Para o ranking deste ano, foram analisadas mais de 80 milhões de citações em mais de 13 milhões de publicações científicas e aplicados questionários com 22 mil acadêmicos em todo o mundo.

Catarinenses também se destacam em outros rankings

No Latin American University Ranking, a Udesc ficou na 92ª colocação, melhorando sua posição em relação ao ano anterior. Já a UFSC com a 9ª posição. A lista foi divulgada em julho.

+

Educação