Variação de preços de materiais escolares chega a 1.850% em Joinville

Foram pesquisados 42 itens de listas escolares em oito estabelecimentos comerciais do município; confira

Para os pais que já se preparam para comprar os materiais escolares dos filhos a dica é pesquisar bem o preço antes da compra, pois a diferença de valor de um mesmo item, entre um estabelecimento para outro, pode variar bastante. Com o objetivo de auxiliar os consumidores, o Procon de Joinville, no Norte catarinense, divulgou uma pesquisa de preços nesta quinta-feira (13).

Borracha branca foi o produto que apresentou a maior diferença de preços e pode variar até 1.850% – Foto: Prefeitura de Joinville/Divulgação/NDBorracha branca foi o produto que apresentou a maior diferença de preços e pode variar até 1.850% – Foto: Prefeitura de Joinville/Divulgação/ND

O levantamento de preços de 42 itens que constam nas lista de materiais escolares foi feito em oito estabelecimentos comerciais do município. A pesquisa apontou que a borracha branca foi o produto que apresentou a maior diferença de preço e pode variar até 1.850%, entre um local e outro.

Outros itens da lista também se encontram com variação de preço acima do mil por cento. É o caso da folha de papel seda que chega a 1.567%. Na sequência aparece a  fita adesiva transparente (1.263%) e transferidor plástico 180° (1.220%). Além desses materiais, o lápis preto nº2 pode ser encontrado com diferença de até 940% entre um local e outro.

De acordo com o levantamento, em um único item a economia dos pais pode ser de R$ 14 , como é o caso de uma caixa de lápis de cor de 12 cores de uma mesma marca que pode ser encontrada por R$ 11,90 e R$ 25,90. A pesquisa completa está disponível no site da Prefeitura de Joinville.

Dicas para quem vai às compras

Além de pesquisar preço antes de compra, o Procon de Santa Catarina dá outras dicas para os pais que se planejam para comprar os materiais escolares:

  • Verifique quais dos produtos da lista de material já possui em casa e que estão em condição de uso, isso evita compras desnecessárias;
  •  Outra forma de economizar é promover a troca de livros didáticos entre alunos;
  • Alguns estabelecimentos concedem bons descontos para compras em grandes quantidades, dessa forma pode ser interessante efetuar compras coletivas, em parceria com outros pais;
  • Nas compras pela internet o consumidor deve estar atento ao site acessado, verificando se é confiável e se apresenta segurança. Além disso, é preciso verificar o custo do frete, que pode encarecer a compra.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Joinville e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Educação

Loading...