VÍDEO: protesto por aulas presenciais reúne cerca de mil pessoas em Joinville

Ato teve a participação de alunos, pais, professores, donos de escolas e motoristas de transporte escolar em Joinville; houve carreata pelas ruas do centro de Joinville

Cerca de mil pessoas participaram de protesto pelo direito das aulas presenciais em Joinville.  A concentração foi às 14 horas no estacionamento do centreventos Cau Hansen, região central de Joinville.

Concentração do protesto ocorreu no estacionamento do Centreventos Cau Hansen no início da tarde desta sexta-feira –  Foto: Divulgação ND

O pátio ficou lotado de veículos e alguns motoristas tiveram de parar nas ruas laterais. O ato teve a participação de alunos, pais, professores, donos de escolas e motoristas de transporte escolar. Eles querem que as aulas presenciais sejam mantidas em Joinville e em todo o Estado.

Charlote Odebrecht, organizadora do evento defendeu as aulas presenciais e disse que o Brasil é o único país que tem proibição.

No último dia 13, o governo do Estado publicou uma portaria sugerindo o cancelamento das aulas presenciais, como medida de uniformizar as regras sanitárias em todas as unidades de ensino.

Porém, esta semana, a Secretaria de Saúde de Joinville se manifestou contrária à medida. Até agora, o Estado não respondeu o ofício do município, e as aulas presenciais na rede pública e privada estão mantidas na cidade.

Os pais que estavam no protesto falavam, em coro, que o fechamento das escolas só traz prejuízo ao aprendizado e afeta o emocional das crianças.

Ainda esta sexta-feira, o secretário de Saúde de Joinville se reuniu com os manifestantes, que, inclusive, criaram um abaixo-assinado para pressionar o governo a manter as escolas abertas. O documento já tem mais de 3 mil assinaturas. A prefeitura de Joinville não se manifestou sobre o ato.

*Com informações de Maikon Costa, repórter da NDTV Joinville

+

Educação