Balcão de Empregos conta com baixa participação em Criciúma

Dos 500 inscritos no site, apenas 43 pessoas compareceram na feira de entrevistas realizada no sábado (12), sendo que mais de 100 vagas de emprego foram ofertadas

Apesar de ter 500 inscritos no site, o Balcão de Empregos de Criciúma contou com a participação de, apenas, 43 pessoas no feirão de entrevistas realizado no sábado (12) no Ginásio Municipal Irmão Walmir Antônio Orsi.

A iniciativa da Secretaria de Assistência Social e Habitação do Município foi idealizada como estratégia para amenizar os impactos da pandemia e garantir oportunidades no mercado de trabalho para os criciumenses.

De 500 inscritos, apenas 43 pessoas compareceram na fase de entrevista do Balcão de Empregos de Criciúma – Foto: Divulgação/Decom/NDDe 500 inscritos, apenas 43 pessoas compareceram na fase de entrevista do Balcão de Empregos de Criciúma – Foto: Divulgação/Decom/ND

“Durante as últimas semanas trabalhamos para tornar essa ideia uma realidade, e conseguimos 30 empresas oferecendo de 120 a 130 vagas, portanto, o poder público fez sua parte”, conta o secretário de Assistência Social e Habitação de Criciúma, Bruno Ferreira.

Com uma baixa participação, o Balcão foi encerrado mais cedo pelo poder público. “No local contamos com 20 organizadores cuidando de medidas sanitárias e instruindo quem aparecia. Tivemos que encerrar mais cedo, pois a partir do meio dia não apareceram mais pessoas”, contra o secretário.

Novo encontro em Agosto

Segundo Ferreira, a realização de outro balcão, no mês de agosto, está em fase de planejamento. A ação contou com a mobilização da equipe da assistência social, responsável pela infraestrutura e fiscalização de protocolos de segurança.

Já o Setor de Tecnologia da Informação (TI) da prefeitura elaborou um site para funcionar como plataforma online de inscrições. Nele, as empresas cadastraram suas vagas com dados da proposta, como horário de trabalho, cargo e faixa salarial.

Após essa etapa, os interessados puderam aplicar para as vagas disponibilizando algumas informações básicas. Por último, em uma parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), os candidatos tiveram acesso a workshops para se prepararem para as entrevistas no ginásio. Dentre outros seguimentos, havia oportunidades nas áreas de vendas, cerâmica, indústria têxtil, usinagem e setor mercadista.

+

Empregos e Concursos

Loading...