IBGE corrige edital e parte das vagas do concurso para Censo 2020 exige nível superior

Inscrições estão abertas até 15 de outubro de 2019 e serão feitas pelo site da Fundação Getúlio Vargas

Ao contrário do que foi informado no edital do Censo 2020 divulgado na quarta-feira (25), das 2.658 vagas previstas, 1.343 serão para coordenador censitário subárea e exigirão nível superior em qualquer área de formação. As demais 1.315 vagas para agente censitário operacional serão para nível médio.

As inscrições estão abertas até 15 de outubro de 2019 e serão feitas pelo site da FGV (Fundação Getúlio Vargas), banca organizadora do processo seletivo.

IBGE abre vagas temporárias do Censo 2020 para 1.031 municípios – Licia Rubinstein/Agência IBGE/NDIBGE abre vagas temporárias do Censo 2020 para 1.031 municípios – Licia Rubinstein/Agência IBGE/ND

As provas ocorrem no dia 8 de dezembro e serão realizadas em todos os municípios onde há vagas. As remunerações mensais serão de R$ 3.100 para coordenador censitário subárea e de R$ 1.700 para agente censitário operacional.

Além disso, os candidatos a coordenador censitário subárea devem ter carteira nacional de habilitação definitiva ou provisória, dentro do prazo de validade, no mínimo para categoria B.

Leia também:

A jornada de trabalho para ambos os cargos será de 40 horas semanais, sendo 8 horas diárias. Os contratados terão direito aos auxílios alimentação, transporte e pré-escolar, além de férias e 13º salário proporcionais, de acordo com a legislação.

Inscrições

Os interessados em participar do processo seletivo devem se inscrever no site da FGV até o dia o dia 15 de outubro. Já o pagamento da taxa de inscrição para as duas funções tem prazo máximo até 1º de novembro, sendo de R$ 58 para coordenador censitário subárea e de R$ 42,50 para agente censitário operacional.

+

Oportunidades de trabalho

Loading...