“Parasita” surpreende e brilha no Oscar; confira a lista de premiados

Vencedor da Palma de Ouro em Cannes e, agora, primeiro longa-metragem em língua não inglesa a vencer o Oscar de Melhor Filme. “Parasita” fez história e se consagrou como o grande vencedor da noite, responsável pelas únicas (e impactantes) surpresas da cerimônia desse domingo.

Parasita foi o grande vencedor do Oscar 2020 – Foto: Divulgação/ND

Além do prêmio principal, Bong Joon Ho foi o Melhor Diretor, ganhou como Melhor Roteiro Original e o esperado Melhor Filme Internacional. O até então favorito, “1917”, venceu três estatuetas.

Nas atuações, tudo dentro do esperado. Joaquin Phoenix (“Coringa”) e Renée Zellweger (“Judy”) venceram as categorias principais, enquanto Brad Pitt (“Era uma Vez em…Hollywood”) e Laura Dern (“História de um Casamento”) foram os coadjuvantes.

O Brasil segue sem seu Oscar. “Democracia em Vertigem” foi superado por “Indústria Americana” como Melhor Documentário.

Os premiados:

  • Melhor ator coadjuvante: Brad Pitt, por Era Uma Vez… em Hollywood
  • Melhor filme de animação: Toy Story 4
  • Melhor curta-metragem de animação: Hair Love
  • Melhor roteiro original: Bong Joon Ho, por Parasita
  • Melhor roteiro adaptado: Taika Waititi, por Jojo Rabbit
  • Melhor curta-metragem: The Neighbors’ Window
  • Melhor design de produção (direção de arte): Barbara Ling e Nancy Haigh, por Era uma vez em… Hollywood
  • Melhor figurino: Jacqueline Durran, por Adoráveis Mulheres
  • Melhor documentário: Indústria Americana
  • Melhor Documentário de Curta-Metragem: Learning to Skateboard in a Warzone (If You’re a Girl)
  • Melhor atriz coadjuvante: Laura Dern, por História de um Casamento
  • Melhor edição de som: Donald Sylvester, por Ford vs Ferrari
  • Melhor mixagem de som: Mark Taylor e Stuart Wilson, por 1917
  • Melhor fotografia: Roger Deakins, por 1917
  • Melhor edição de filme: Michael McCusker e Andrew Buckland, por Ford vs Ferrari
  • Melhores efeitos visuais: Guillaume Rocheron, Greg Butler e Dominic Tuohy, por 1917
  • Melhor maquiagem: Kazu Hiro, Anne Morga e Vivian Baker, por O Escândalo
  • Melhor filme internacional: Parasita
  • Melhor trillha sonora original: Hildur Guðnadóttir, por Coringa
  • Melhor Música Original: Elton John e Bernie Taupin, por I’m Gonna Love Me Again, de Rocketman
  • Melhor direção: Bong Joon Ho, por Parasita
  • Melhor ator: Joaquin Phoenix, por Coringa
  • Melhor atriz: Renée Zellweger, por Judy – Muito Além do Arco-Íris
  • Melhor filme: Parasita

Siga em tempo real

Mais conteúdo sobre

Cinema