Clássicos de Chico Buarque embalam show do Duo NUZ’S em Florianópolis

Atualizado

Sentada a beira do palco do Theatro São Pedro em Porto Alegre, Marcê Porena cantava o clássico de Dolores Duran, “Por causa de você”. Ao fundo, iluminado por um holofote amarelado, estava Max Silva tocando violão. A apresentação de 2009 integrava o show “Instrumentos e Canções”, na época em que a dupla de músicos ainda não se chamava NUZ’S. Em turnê pelo país desde 2017, o duo desembarca em Florianópolis no próximo domingo (23) com o show “Chico Buarque Um Outro Olhar”, às 20h, no Teatro Álvaro de Carvalho.

NUZ'S - Divulgação
O show faz uma releitura pop de músicas como “Geni e Zepelim”, “João e Maria” e “Cotidiano”- Divulgação

Em 2013, o ex-membro da banda de rock O Terço e a artista musical e teatral começaram a tocar em conjunto. Max Silva é responsável pela criação das trilhas das peças “O Casamento Suspeitoso” de Ariano Suassuna e “Macbeth” de Shakespeare. Já a mineira Marcê teve seu show solo “Por Causa de Você” com os pianistas, Gilson Peranzzetta, Cristóvão Bastos, Leandro Braga e João Carlos Coutinho, projeto em homenagem à Dolores Duran. Como NUZ’S, os dois apresentaram turnês bem sucedidas como “’Entre a Mata, o Mar e o Amor” que percorreu mais de 30 cidades brasileiras.

O nome NUZ’S vem de nudez, palavra que origina do latim “nudus”, com interpretação mais comum relacionada a de alguém que está sem roupa. O duo usa desta denominação para conceber seu conceito musical como algo livrs de preconceitos, aberto para trilhar novos caminhos sonoros e poéticos. Marcê e Max flertam com a música erudita, pop e experimental misturando assim a música orgânica e sintética, a tradição e a contemporaneidade.

O show em homenagem a Chico Buarque faz uma releitura de sucessos do músico carioca. A apresentação mescla a música sintética com a orgânica, a tradição e a contemporaneidade e faz dessa mistura de criatividade e musicalidade uma apresentação dançante que desconstrói a obra de Buarque sem perder a sofisticação. No espetáculo, as poesias e melodias de clássicos como “Geni e o Zepelim”, “João e Maria”, “Cotidiano”, entre outras, se juntam a sintetizadores, batidas eletrônicas e guitarras mostrando o quanto a obra e a genialidade de Chico são atemporais.

Serviço:

O quê: NU’ZS, apresenta “CHICO BUARQUE Um Outro Olhar”

Quando: 23/2, 20h

Onde: Teatro Álvaro de Carvalho (TAC), Rua Mal. Guilherme, 26, Centro, Florianópolis

Quanto: a partir de R$ 35

Música