“Coleta e broto” é a primeira exposição do ano da Fundação Cultural Badesc

Atualizado

A primeira exposição de 2019 na Fundação Cultural Badesc abre na próxima terça-feira (19), às 19h, no Espaço Fernando Beck. “Coleta e broto”, da artista visual Marcia Sousa aborda as formas orgânicas presentes na natureza, à coleta de elementos vegetais e o encontro com lugares que brotam. A entrada é gratuita e a mostra pode ser visitada até 16 de março.

Exposição
A artista visual Marcia Sousa é mestre em Processos Artísticos Conteporâneos pela UDESC – Divulgação

“Um dos núcleos da exposição reúne trabalhos que se relacionam a encontros com lugares que, devido ao abandono, muitas vezes encaminham-se para o estado de ruína e, em contraponto, são por vezes inteiramente tomados por vegetação. Essas casas e lugares que brotam foram fotografados em diversas cidades brasileiras e portuguesas. No segundo núcleo, o conceito central relaciona-se ao gesto de coletar e suas implicações poéticas e mesmo políticas”, explica a artista.

A exposição que reúne imagens fotográficas, gravuras em metal, um livro de artista, um vídeo e coletas vegetais começou a ganhar forma em 2013 e apresenta trabalhos inéditos. A artista também propôs traçar uma relação com o jardim da Fundação Cultural Badesc e trazê-lo ao contexto da mostra. “Assim, em alguns dias que se seguirem à exposição pretendo propor ao público habitar comigo esse jardim”, comenta Márcia.

Marcia Sousa vive em Pelotas, no Rio Grande do Sul. Além de artista visual, é pesquisadora e professora. Graduada pela Escola de Música e Belas Artes do Paraná, mestre em Processos Artísticos Contemporâneos pela Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC) e doutora em Poéticas Visuais pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Atualmente pesquisa as relações entre arte e natureza.

A curadoria de Coleta e broto é de Silvana Macedo, artista visual, pesquisadora e professora do Centro de Artes da UDESC.

Serviço:

O quê: Abertura exposição Coleta e broto, de Marcia Sousa

Quando: 19/2, 19h

Onde: Fundação Cultural Badesc, rua Visconde de Ouro Preto, 216, Centro, Florianópolis

Quanto: Gratuito

Artes

Nenhum conteúdo encontrado