Com aposta na representatividade, nova trama da Record TV estreia nesta terça

Atualizado

Amor Sem Igual”, a nova novela da Record TV, estreia nesta terça-feira, dia 10 de dezembro, em novo horário, a partir das 20h30.

Escrita por Cristiane Fridman e com direção-geral de Rudi Lagemann, “Amor Sem Igual” contará a história da prostituta Angélica, a Poderosa, interpretada pela atriz Day Mesquita, que despertará o amor de Miguel, vivido por Rafael Sardão, um trabalhador rural de bom caráter. A trama desta nova produção da Record TV será ambientada na cidade de São Paulo.

Novela contará a história da prostituta Angélica, a Poderosa, que despertará o amor de Miguel, um trabalhador rural de bom caráter – Foto: Divulgação Record/ND

Além do casal protagonista, outros grandes nomes completam o elenco da novela como Juan Alba, Selma Egrei, Françoise Forton, Heitor Martinez, Thiago Rodrigues, Sthefany Brito, Ernani Moraes, Paulo Figueiredo, Barbara França, Eduardo Lago, Beth Zalcmann, Gabriel Gracindo, Pedro Nercessian, Castrinho, Manuela do Monte, entre outros.

Representatividade

“Amor Sem Igual” vai substituir a novela “Topíssima”. Autora das duas novelas, Cristianne Fridman ressalta as principais semelhanças e diferenças entre os folhetins: “’Amor sem Igual'” é uma novela romântica com muito humor, como “‘Topíssima'”, mas com um peso maior no drama e na ação. São novos personagens, com universos bem diferentes de ‘Topíssima’”, explicou a autora, que ainda falou sobre a representatividade da protagonista ser uma prostituta,

“Poderosa representa o percurso de transformação de uma mulher que não vê outra escolha na sua vida e, através do amor sem igual de Miguel, consegue enxergar que não é um objeto, mas uma mulher que merece viver plenamente”.

Leia também:

Ainda segundo a autora, o público vai se surpreender com a nova produção da Record TV, “Todos vão se emocionar, se divertir, viver mistérios, suspenses, a adrenalina da ação e acompanhar um lindo e difícil romance. Um amor sem igual”, disse Cristianne Fridman.

Angélica, a Poderosa, papel de Day Mesquita, aprendeu a se virar sozinha, a lutar para sobreviver,
se tornando prostituta

A protagonista da trama, Day Mesquita, explica a relação da personagem com o mocinho Miguel, “A história está sendo construída. Não é uma coisa que ela se apaixona no começo. Ela é uma prostituta, acostumada a estar com muitos homens muitas vezes, então, para ela, Miguel é só mais um homem. Só que ele a trata de uma forma completamente diferente que a dos outros homens”.

O diretor-geral da novela, Rudi Lagemann, conhecido pela característica inovadora na captura e edição de imagens, afirma que o público vai se deparar com uma novela de linguagem moderna e ressalta o estilo de filmagem que vem utilizando em “Amor Sem Igual”. “A gente vive uma revolução digital, onde o público tem acesso a diversos produtos de audiovisual em diferentes janelas, como a tela do computador, do celular. Então, o próprio público se educa de uma forma diferente. Ele não vê como antigamente, básica, só a TV aberta… então, temos que modernizar a linguagem. A câmera de Amor Sem Igual é muito viva, ela está sempre solta, não uso tripé, tem muitos planos-sequências. Tento fazer com que o telespectador esteja dentro do set”.

“Amor Sem Igual” é uma produção realizada pela Record TV em parceria com a produtora Casablanca.

 

Mais conteúdo sobre

TV