Com imagens resgatadas de um trabalho anterior, artista abre exposição “Rodar o Deserto”

Letícia Cardoso fez uma série de prints screens do vídeo que se perdeu em um HD - Letícia Cardoso/Divulgação/ND
Letícia Cardoso fez uma série de prints screens do vídeo que se perdeu em um HD – Letícia Cardoso/Divulgação/ND

A artista Letícia Cardoso abre “Rodar o Deserto” hoje, às 19h30, na sala Edi Balod – Espaço de Exposições e Laboratório de Artes Visuais, na Unesc (Universidade do Extremo Sul Catarinense), em Criciúma. O projeto compreende uma mostra com 42 imagens no formato de 14 x 60 cada, e uma publicação no formato bloco. O projeto foi contemplado pelo Edital Elisabete Anderle 2017 na categoria Artes Visuais, do Governo do Estado de Santa Catarina/Fundação Catarinense de Cultura. A visitação segue até o dia 31 deste mês.

“Rodar o Deserto” nasceu da perda de um trabalho anterior da artista, o vídeo “Austin – Paris: um ruído entre Jane e Travis (2009-2010)”, gravado nos Estados Unidos com a bolsa de residência para artistas Fundação Iberê Camargo/ Blanton Museum of Arts/ University of Texas/Austin 2009-2010 e que estabelece um diálogo com o filme “Paris, Texas”, de Wim Wenders.

A ideia da artista não é recuperar o trabalho perdido, mas elaborar as perdas - José Rafael Mamigonian/Divulgação/ND
A ideia da artista não é recuperar o trabalho perdido, mas elaborar as perdas – José Rafael Mamigonian/Divulgação/ND

A artista chegou a fazer uma primeira montagem do vídeo, porém as imagens originais foram perdidas num HD. Dessa maneira, Letícia reelabora essa perda e a partir do registro que ficou no Google Art Project e em troca de e-mails com artistas, e amigos, criando uma série de prints screens (cópias de telas) do vídeo, que mostra a viagem pelo deserto entre Austin e Paris, nos Estados Unidos. O texto de apresentação da exposição/publicação é da curadora Cristiana Tejo e o design gráfico é de Vanessa Schultz.

Letícia Cardoso é natural de Criciúma, graduada em Artes Plásticas na Udesc, mestre em Poéticas Visuais pela UFRGS e doutoranda em Artes Visuais, na Udesc.

Serviço:

O quê: Abertura da exposição e lançamento de publicação “Rodar o Deserto”

Quando: 10/10, 19h30 (abertura), visitação até 31/10, segunda a sexta-feira, das 14h às 18h

Onde: Sala Edi Balod, UNESC, av. Universitária, 1105, Bairro Universitário, Criciúma-SC, tel. (48) 3431 4547

Quanto: Gratuito

Artes