Curta premiado conta a história de rendeiro da Ilha

Atualizado

O curta-metragem foi o vencedor do Prêmio Catarinense de Cinema em 2018 – Débora Klempous/Divulgação/ND

Vencedor do Prêmio Catarinense de Cinema, o curta-metragem “As Rendas de Dinho” narra a vida de Ediwaldo Pedro de Oliveira, o Dinho. Morador do Pântano do Sul, em Florianópolis, ele é um dos únicos rendeiros da Ilha.

Leia também

Dinho descobriu cedo a paixão pela renda de bilro. Enquanto os outros garotos da comunidade do sul da Ilha aprendiam a pescar, ele saía escondido para a casa de uma prima rendeira.

Aos 18 anos se mudou para São Paulo, onde ficou 20 anos. Morou também nas cidades de Toronto e Vancouver no Canadá. De volta ao Pântano do Sul, trabalhou como motorista da ambulância do bairro.

Voltou a fazer renda após uma recomendação médica, que o instruiu a fazer atividades manuais para ajudar no tratamento da depressão. Atualmente vende suas produções no Mercado Público da Capital.

A história de Dinho encantou as jornalistas Adriane Canan, Edinara Kley e a fotógrafa Débora Klempous que inscreveram o projeto de documentário cinematográfico na edição de 2018 do Prêmio Catarinense de Cinema promovido pela FCC (Fundação Catarinense de Cultura).

O curta venceu o Prêmio, que é responsável pelo financiamento de projetos audiovisuais. As gravações aconteceram em maio tendo como locação o Pântano do Sul e a Armazém das Rendeiras no Mercado Público de Florianópolis.

A montagem do filme contou com o apoio de Dinho, que atuou como co-diretor e produtor  indicando personagens e ajudando na montagem de cenários. “A gente perguntava quem ele queria no curta, respeitando sua história”, explica a diretora Adriane Canan.

Com uma equipe técnica formada majoritariamente por mulheres, “As Rendas de Dinho” está em fase de edição com previsão de lançamento para o segundo semestre deste ano.

FICHA TÉCNICA

Adriane Canan – Direção/Roteiro

Flávia Person – Produção executiva

Edinara Kley – Pesquisa/Direção de produção

Débora Klempous – Direção de fotografia/Operadora de câmera

Natália Poli – Assistente de direção/Produção

Diego Canarin – Assistente de câmera/Operador

Ingrid Gonçalves – Técnica de som

Carlinhos WS – Música

Alan Langdon – Logger/Montador

Gabi Bresola – Projeto gráfico

Marcos Walickosky – Desenhos

Barbara Pettres – Assessora de comunicação

Gabriela Dutra – Maquiagem

Mais conteúdo sobre

Cinema