Denunciado por estupros, ex-BBB Prior quase virou ‘parça’ de Neymar

Atualizado

Capaz de mobilizar milhões de votos em um paredão histórico no ‘BBB’, o arquiteto paulista Felipe Prior não imaginava o que o esperava do lado de fora do reality show. Em vez de fama, fãs, e torcedores famosos como Neymar, Gabriel Medina e Gabigol, denúncias contra ele por estupro e tentativa de estupro.

De acordo com uma reportagem da revista ‘Marie Claire’, duas mulheres denunciaram o jovem por estupro. E uma terceira, por tentativa de estupro. As três conseguiram se unir por meio das redes sociais, assim que Prior surgiu no ‘BBB 20’, da Globo.

Ao vê-lo como escolhido do reality da Globo, uma ex-colega da Universidade Presbiteriana Mackenzie postou que ele tinha fama de assediador nos tempos da faculdade. Uma das vítimas mandou a mensagem para a autora do tuíte contando seu caso.

Logo apareceram mais acusações. Entre as denúncias apresentadas pela polícia há até um laudo médico após o suposto estupro de uma das vítimas.

A Globo faz uma análise detalhada da vida dos participantes antes desde entrarem no programa. Processos, dívidas, questões judiciais, fichas médicas e de antecedentes criminais dos candidatos fazem parte da ‘investigação’ realizada pela emissora.

Mas a rede não sabia das acusações contra o arquiteto antes dele entrar na atração.

Os boletins de ocorrência contra Prior foram lavrados há poucas semanas, quando ele já estava confinado. O Ministério Público de São Paulo agora pediu a abertura de inquérito para apurar as denúncias contra Prior.

Reação entre ‘parças’

A história caiu como um bomba para os ‘apoiadores’ famosos de Prior no reality. Desde que o arquiteto havia sido indicado ao paredão com Manu Gavassi, Neymar, Gabigol e Medina declararam o seu apoio ao rapaz e resolveram até criar uma corrente para mobilizar mais pessoas nas redes sociais.

Prior foi eliminado, mas quase virou ‘parça’ de Neymar e cia. Assim que saiu do programa, ele trocou mensagens com o jogador, que o convidou para assistir um jogo do PSG, na França, em grande estilo e na faixa.

Já vinha conversando via WhatsApp com os ‘parças’ que cercam o craque desde então. Medina também convidou o ex-BBB para surfar com ele em Maresias, litoral norte de SP.

Provavelmente, agora, Prior será desconvidado. Ou melhor. Ignorado. A ordem dos empresário é que os atletas não passem nem perto desse ex-BBB encrencado com o Ministério Público. Dos três, o único que ainda o segue nas redes sociais é Gabigol.

Procurada, a Globo ainda não se manifestou sobre o assunto.

Mais conteúdo sobre

Famosos