Em entrevista, Alok fala sobre show em Florianópolis, parcerias e música com Anitta

Florianópolis recebe mais uma vez neste sábado (29) um show do DJ Alok, no seu estilo “Brazilian Bass”, fundindo elementos e influências com pegadas de techno e house. O brasileiro, eleito pela revistra britânica DJ Mag como TOP DJ 13 do mundo em 2018, se apresentará no P12, em Jurerê Internacional.

Alok - Diego Jarschel/Divulgação/ND
Alok se apresenta em Florianópolis nesse sábado – Diego Jarschel/Divulgação/ND

No berço de artistas da música eletrônica, os pais Swarup e Ekanta incentivam a música desde a infância. O DJ iniciou ao lado irmão gêmeo Bhaskar aos 10 anos e hoje é um dos ícones mais importantes dos cenários musicais nacional e internacional. Traz na bagagem o prêmio de “Melhor DJ do Brasil” por duas vezes consecutivas (2014 e 2015) para a House Mag Brasil, revista mais conceituada da cena eletrônica.

 Alok é o único brasileiro a alcançar 100 milhões de plays no Spotify e atualmente é o artista brasileiro mais escutado no mundo. Ao longo da carreira, percorreu vários países em todos os continentes e os maiores festivais. O DJ traz para Florianópolis o show com vocais ao vivo, grande produção e experiência singular para os amantes da música eletrônica.

O paranaense Jefferson Moraes também se apresenta no palco do P12 com o melhor da música sertaneja. O músico já subiu nos palcos do Villa Mix Goiânia e da Festa de Peão de Barretos. O primeiro DVD do cantor contou com as participações de Jorge & Mateus, Gusttavo Lima, Simone e Simaria, Matheus e Kauan e Israel Novaes.

Confira uma entrevista com o DJ Alok

O seu show em Florianópolis no carnaval do ano passado reuniu 70 mil pessoas. Qual a sua expectativa para a apresentação deste ano?

Alok: Primeiro de tudo eu gostaria de agradecer a Florianopolis; é sempre incrível tocar pra esse público que tem uma energia única. Minha expectativa é a melhor possível e estou preparando um set bem energético pra galera curtir muito esse fim de ano com várias novidades das músicas que lancei esse ano e um show totalmente repaginado.

Seu último lançamento, a música Pray, foi com o cantor britânico Conor Maynard. Além dela, esse ano Ocean e Favela consistiram em parcerias com artistas estrangeiros. O que o público pode esperar para o próximo ano, mais parcerias nacionais ou internacionais?

Alok: Em 2019 meu foco será no mercado internacional, mas também terei muitas novidades aqui no Brasil; aguardem as surpresas.

Você anunciou recentemente uma música em parceria com a Anitta. Com consolidação da carreira internacional da cantora, podemos esperar uma canção em espanhol ou inglês?

Alok: Surpresa (risos)! Na verdade essa música com a Anitta também terá a participação de mais dois artistas internacionais incríveis. Vocês não perdem por esperar.

Mais conteúdo sobre

Música