Falando sobre a natureza, artista Fernando Lindote expõe no Masc

Atualizado

O público que visitar a exposição “Depoisantes”, de Fernando Lindote, no Masc (Museu de Arte de Santa Catarina) poderá conferir dez obras do artista sobre espaço e natureza. Os trabalhos de Lindote, que integram a mostra do Polo Santa Catarina da Bienal Internacional de Curitiba, ficarão no museu até 1º de dezembro.

As obras Fernando Lindote ficarão expostas no Polo SC da Bienal de Curitiba no Masc – Foto: Guilherme Ternes/Divulgação

“Depoisantes” foi montada com a junção de trabalhos de diferentes momentos da carreira de Lindote. Todos têm a presença forte das cores primárias, em especial do amarelo, que para o artista ajuda a criar cenários que lembram a natureza.

São oito obras de colecionadores e três criadas especialmente para a exposição. Estas têm um toque especial: o volume. Para Lindote, a adição da noção espacial faz com que “o espaço se prolifere por meio da pintura”.

Leia também:

O tema central da 14ª Bienal de Curitiba, “Fronteiras em aberto”, é bem representado no trabalho do artista. “A presença da terra remete a descentralização. Gosto de transitar meu trabalho sobre as culturas que se fecham, rompimento de barreiras físicas e também para entender o território como uma coisa alerta”, destaca Lindote.

Fernando Lindote foi cartunista e chargista de diversos jornais do sul do país. Nas artes visuais, desenvolveu grandes instalações e ficou conhecido por essas produções. Expôs no MAM-SP (Museu de Arte Moderna de São Paulo), no Instituto Tomie Ohtake e nos principais museus de Santa Catarina, além de participar de bienais, como a de São Paulo e do Mercosul.

Serviço:

O quê: Exposição “DepoisAntes”

Quando: Visitação até 01/12, terça-feira a domingo, das 10h às 21h

Onde: MASC (Museu de Arte de Santa Catarina),  Av. Gov. Irineu Bornhausen, 5600, Agronômica, Florianópolis

Quanto: Gratuito

14ª Bienal Internacional de Curitiba em SC