Fotógrafo amador expõe registros de sua primeira cobertura de Ironman, 16 anos atrás

Atualizado

Florianópolis recebe neste domingo (26), a etapa do Ironman 2019, com largada em Jurerê Internacional. Este ano será a 19ª edição da prova na Capital. Para o fotógrafo amador e empresário Marcelo de Oliveira a prova de 2003 ficou marcada em sua memória e, até mesmo, em fotografias. Para quem ama o esporte, ele resolveu realizar uma exposição do seu trabalho, com o nome de “A Largada”  de 23 de maio a 8 de junho, na Ana Lubi Decorações, em Florianópolis.

Marcelo se tornou um apaixonado pelo Ironman após conhecer a prova em 2003 – Foto Flavio Tin/ND

À época, após escutar de uma pessoa próxima sobre o evento, Marcelo resolveu pegar sua câmera analógica e partiu para a saída da prova do dia 24 de maio de 2003. Ele tem poucas, mas importantes lembranças daquela prova de 16 anos atrás, mas a considera a mais importante pois foi a sua primeira cobertura fotográfica do evento.

“Lembro que acordei bem cedo, estava nascendo um dia lindo. Você percebe como vai clareando através das fotos que começam bem escuras e, no final, tem um sol ao fundo”, comentou.

A exposição conta com 14 fotografias, todas em preto e branco, e mostra os detalhes do momento exato da largada da Elite masculina, às 19h. Além das fotografias da largada, a exposição conta com fotos de momentos após a etapa de 3,8 km de natação e do fim da disputa, que tem um limite de 17 horas para ser completada.

Apaixonado por surfe, Oliveira confessa que não conhecia o Ironman. Porém, a paixão pela prova foi tão contagiante que o fotógrafo resolveu praticar aquela modalidade, que considera alucinante e de superação devido à alta intensidade.

“Eu pratiquei por uns cinco anos. Eu acho que tem que nascer para isso porque é uma prova que necessita muita dedicação e esforço. Alguns triatletas acabam se machucando nos treinamentos. Mas, depois de uns cinco anos eu resolvi parar porque é necessário um esforço muito grande de treinos e na alimentação”, completou.

Marcelo passou ainda mais de um mês na ansiedade de ajustar cada detalhe da exposição. Desde a ordem de cada fotografia até a posição da luz sob as imagens, que foram ampliadas. A exposição acontece na Rua Bocaiúva, 2.246, no Centro da Capital, e estará aberta ao público das 9 às 17h.

Serviço

O quê: exposição A Largada, por Marcelo de Oliveira
Onde: Ana Lubi Decorações – Rua Bocaiuva, nº 2.246, Centro de Florianópolis
Quando: de 23 de maio a 8 de junho, das 9 à 17h
Valor: gratuito

Mais conteúdo sobre

Cultura