Jazz é para quem tem 5 ou 50 anos, diz coordenador do 1º Festival de Música para Crianças

Atualizado

Tiê Pereira é coordenador musical do projeto Hoje é Dia de Jazz Bebê – Foto: Volo Filmes e Fotografia/Divulgação/ND

Reconhecido na cena instrumental catarinense, o baixista Tiê Pereira é quem assina a coordenação musical do Hoje é Dia de Jazz Bebê, projeto que há alguns anos vem se consolidando como um dos mais relevantes da cidade em promoção da cultura na infância e ocupação de espaços públicos.

No próximo fim de semana, dias 9 e 10 de novembro, o evento terá uma edição especial: um festival com 12 horas de música, contação de histórias, brincadeiras e outras atividades para adultos e crianças no Parque da Luz, Centro de Florianópolis. Tudo gratuito.

Leia também:

Tiê assina a curadoria musical juntamente com o Studio de Ideias, produtora idealizadora do festival. Nesta entrevista, o músico fala sobre a potência da música na infância, a diversidade no repertório do Jazz Bebê e o quanto o jazz é a linguagem mais universal. Confira:

Como foi pensada a seleção musical para o festival Hoje é Dia de Jazz Bebê?

A seleção das atrações musicais foi pautada na diversidade. O carro-chefe é o jazz, que é essa música de improviso, em que os instrumentos solam e dialogam entre si. Mas para o festival teremos um pouco de tudo: jazz e vertentes como o blues, além de trabalhos construídos especialmente para as crianças. É o caso do projeto Primeiros Passos, Primeiras Notas, da Bárbara Damásio — cantora de samba conhecida no Estado, e o Beatles para Crianças. O Cristiano Ferreira, que tem trabalho de blues, vai fazer repertório de trilha de filme infantojuvenil. O GLIP – Grupo Livre de Percussão, que usa instrumentos não convencionais de percussão, vai trazer um trabalho interativo para criançada. E temos ainda a banda Jazz Bebê, com repertório voltado para a música instrumental brasileira e improvisos.

O evento é festival de música para crianças e adultos – e não de música infantil. Qual a diferença?

Existem músicas para o público infantil, como as que são feitas pelo Palavra Cantada, por exemplo. São trabalhos que têm o intuito de educar, que têm uma referência musical-pedagógica. Mas eu entendo que a música é uma linguagem universal, porque independe de uma formação ou até mesmo de alfabetização. Independe da compreensão de uma língua para que se possa absorvê-la.

O jazz é um estilo que as crianças adoram.  Por que você acha que dialoga tão bem com todas as idades?

O jazz pode ser tanto para alguém de 5 anos quanto para alguém de 50, de 60 anos. Não importa. É uma música que nasceu nos Estados Unidos, geralmente instrumental e improvisada — sem vocal e sim um coletivo de músicos improvisando e dialogando entre si. O grande barato é justamente esse: e o diálogo. Só funciona se você estiver atento ao que o colega está falando com o instrumento. Um diálogo coletivo. A questão é interessante porque é muito lúdica. A gente está brincando, como num grande jogo que se faz por meio da música, dos sons, de escutar o outro e responder o que o outro está falando com o instrumento.

PROGRAMAÇÃO:

Sábado, 9/11

 11h – Abertura do Parque

– Início das atividades educativas e de artes
– Feirinha Kids
– Espaço Gastronômico
– Ninho da Leitura com Cia Mafagafos

Palquinho e Palco Jazz Bebê

11h30 – Papo de Mãe, com o Conexão Pandora
11h30 – Roteirinho Turístico pelo Parque da Luz, com o Guia Manezinho
12h30 – Contação de Histórias com o Núcleo Pé de Poesia
13h10 – Atração musical: No Dorso do Rinoceronte
14h10 – Apresentação e Interação Musical com o GLIP – Grupo Livre de Percussão
15h20 – Contação de histórias com Cia Mafagafos
16h – Atração musical: Banda Jazz Bebê
17h – Atração musical: Danças Das Cordas
18h – Atração musical: Blues para Crianças, com Cristiano Ferreira

Domingo – 10/11

11h – Abertura do Parque

– Início das Atividades Educativas e de Artes
– Feirinha Kids
– Espaço Gastronômico
– Ninho da Leitura com Cia Mafagafos

Palquinho e Palco Jazz Bebê 

11h30 – Papo de Mãe, com o Conexão Pandora
11h30 – Yoga para crianças
12h30 – Contação de Histórias e Sarau com Consonante Duo
13h10 – Atração musical: Banda de Brincar
14h10 – Apresentação e Interação Musical com o GLIP – Grupo Livre de Percussão
15h20 – Contação de Histórias com Dona Bilica e o Boi de Mamão
16h – Atração musical: Leleswing
17h – Atração musical: Primeiros Passos, Primeiras Notas, com Bárbara Damásio
18h – Atração musical: Beatles para Crianças

Festival Hoje é Dia de Jazz Bebê
Quando: sábado (9) e domingo (10), das 11h às 19h30
Onde: Parque da Luz (Rua Felipe Schmidt, Centro, Florianópolis). Em caso de chuva o evento será realizado no Boulevard 14/32, localizado dentro do Aeroporto Internacional de Florianópolis
Quanto: gratuito

Música