Joinvilense Luana Costa esgota primeiras 100 cópias de seu trabalho e programa mais 200

Com 100 cópias na mão, a joinvilense Luana Costa, 22 anos, saiu vendendo, ao preço de R$ 5, seu primeiro CD demo para familiares, amigos e conhecidos. Com a ajuda da internet e da propaganda boca a boca, ela conseguiu esgotar o que tinha e agora colhe os frutos e faz planos para o futuro.

Divulgação/ND

Luana aposta na produção independente para divulgar seu trabalho

Toda a produção da demo, desde parte gráfica, fotografia e prensagem, Luana bancou com recursos próprios, tirou tudo do bolso. Com o dinheiro que arrecadou na venda das cópias, a artista pretende fazer mais uma tiragem, mas dessa maior, com mais 200 exemplares.

Embora o esforço financeiro e braçal tenha sido grande, a iniciativa independente teve boa repercussão. “Os amigos gostaram e alguns até falaram que queriam um CD com mais músicas e não apenas duas”, conta Luana. Mas, além disso, o disco foi importante para a cantora marcar presença e divulgar o nome.

Para que o primeiro disco saia, falta a produção, pois uma etapa está concluída há um tempo. As faixas que devem compor o CD estão prontas, todas de própria autoria e num ritmo que mistura pop e rock. O principal hit, “Teu Sorriso”, já está circulando e fazendo sucesso na internet.

A fonte de recursos para a produção do CD será uma forma alternativa, mas que vem ganhando adeptos. Luana escreverá um projeto de financiamento coletivo, inscrevendo e contando a história em sites. Os usuários que quiserem podem fazer doações e contribuir para juntar o montante necessário para realizar o projeto.

Atualmente, as músicas de Luana estão tocando com frequência na rádio Joinville Cultural FM, da Fundação Cultural de Joinville. Mas a intenção é ampliar e levar o som para outras emissoras, aumentando a divulgação. Até por isso, a artista faz questão de ter mais cópias da demo para apresentar conforme o interesse no trabalho dela aparecer.

Mas os planos ainda incluem investir mais em comunicação. Luana já criou a própria logomarca e abriu uma página no Facebook. O próximo passo será montar um site onde ela pretende centralizar as informações. Essa é a prioridade para o momento, sentar e planejar qual a melhor maneira de conseguir divulgação. Apareceram alguns convites para apresentação.

Ensaiando na área rural

Formada em eventos, Luana trabalha no Instituto Festival de Dança de Joinville e divide o tempo com a música. Os ensaios ocorrem sempre após o expediente e aos finais de semana, onde mora com os avós, no bairro Rio Bonito, área rural de Joinville. A relação da joinvilense com a música aconteceu aos 12 anos, quando ela começou um curso de teclado. O violão apareceu três anos depois.

Mais conteúdo sobre

Música