Karol Conka diz que deu ‘na cara’ de hóspede que assediou duas mulheres em hotel

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – A cantora Karol Conka, 30, afirmou que agrediu um hóspede em um hotel no Rio de Janeiro depois de vê-lo assediar duas mulheres. “Quem teve que resolver fui eu e o pessoal. Acabei dando na cara dele. O pior é a galera justificar essa atitude ridícula dele falando que ele está bêbado, fora de si”, disse a rapper, em um vídeo publicado em sua conta no Instagram. 

Segundo a cantora, o hóspede teria apalpado as mulheres e nenhum funcionário do local teria tomado alguma atitude. O assédio teria acontecido nesta segunda (11) no Sheraton Grand Rio Hotel & Resort, do Grupo Marriott.

Conka disse que o segurança do local pediu que ela não agredisse o hóspede. Ela afirmou ainda que os visitantes estrangeiros precisam respeitar a mulheres, independentemente de terem ingerido bebidas alcoólicas. “Quando você se cala diante de uma situação de abuso ou agressão, você é cúmplice. Quando você vir uma situação dessa, reaja, faça alguma coisa. Não fique do lado do agressor”, disse.

A rede Marriott confirmou que o homem em questão era hóspede do Sheraton, mas não confirmou a agressão nem informou quais providências havia tomado. Em nota, o hotel afirmou que rejeita qualquer assédio e prontamente entrou em contato com as autoridades.

“A segurança dos hóspedes é sempre uma das maiores prioridades do Sheraton Grand Rio Hotel & Resort. Rejeitamos qualquer assédio. Assim que fomos informados sobre o incidente, chamamos a segurança local e prontamente nos oferecemos para entrar em contato com as autoridades. Permanecemos disponíveis para ajudar.”

Mais conteúdo sobre

Música

Karol Conka diz que deu ‘na cara’ de hóspede que assediou duas mulheres em hotel

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – A cantora Karol Conka, 30, afirmou que agrediu um hóspede em um hotel no Rio de Janeiro depois de vê-lo assediar duas mulheres. 

“Quem teve que resolver fui eu e o pessoal. Acabei dando na cara dele. O pior é a galera justificar essa atitude ridícula dele falando que ele está bêbado, fora de si”, disse a rapper, em um vídeo publicado em sua conta no Instagram. 

Segundo a cantora, o hóspede teria apalpado as mulheres e nenhum funcionário do local teria tomado alguma atitude. O assédio teria acontecido nesta segunda (11) no Sheraton Grand Rio Hotel & Resort, do Grupo Marriott.

Conka disse que o segurança do local pediu que ela não agredisse o hóspede. Ela afirmou ainda que os visitantes estrangeiros precisam respeitar a mulheres, independentemente de terem ingerido bebidas alcoólicas.

“Quando você se cala diante de uma situação de abuso ou agressão, você é cúmplice. Quando você vir uma situação dessa, reaja, faça alguma coisa. Não fique do lado do agressor”, disse.

A rede Marriott confirmou que o homem em questão era hóspede do Sheraton, mas não confirmou a agressão nem informou quais providências havia tomado. Em nota, o hotel afirmou que rejeita qualquer assédio e prontamente entrou em contato com as autoridades.

“A segurança dos hóspedes é sempre uma das maiores prioridades do Sheraton Grand Rio Hotel & Resort. Rejeitamos qualquer assédio. Assim que fomos informados sobre o incidente, chamamos a segurança local e prontamente nos oferecemos para entrar em contato com as autoridades. Permanecemos disponíveis para ajudar.”

Mais conteúdo sobre

Variedades