Livro “Chapecó e Medellín: Unidas para Sempre” será lançado em Florianópolis

Atualizado

Chegou a vez de Florianópolis receber o lançamento do livro: “Chapecó e Medellín: unidas para sempre”. A obra traduz uma investigação detalhada com relatos inéditos da maior tragédia do esporte e do futebol.

Lançamento será nesta terça-feira em Floripa – Foto: Willian Ricardo/ND

O livro de 230 páginas e 20 capítulos tem autoria do prefeito de Chapecó, Luciano Buligon, e do jornalista Paulo Hoeller. Os autores contam detalhes sobre a tragédia com a delegação da Chapecoense que ocorreu em 2016. 

A obra será lançada às 19h30 desta terça-feira (3), na Livrarias Catarinense do Beiramar Shopping, localizado no Centro da Capital. 

A publicação é uma narrativa sensível e abrangente sobre um evento singular que impactou a vida de Chapecó e Medellín e a relação entre o Brasil e a Colômbia.

Leia também:

De acordo com os autores, o livro vai muito além de um relato centrado nos aspectos do acidente. A obra ressaltar as facetas humanas, afetivas, cidadãs e solidárias que aproximaram derradeira e profundamente as comunidades de Chapecó e Medellín, justificando o título “Unidas para sempre”.

 Outra particularidade da publicação é a de ser narrada, em grande parte, na primeira pessoa, com o testemunho do protagonista Luciano Buligon. 

O prefeito viveu o processo como líder da missão brasileira responsável por ir até a Colômbia e acompanhar todos as ações implicadas no resgate e nas providências de translado dos sobreviventes e das vítimas fatais ao Brasil.

A obra é prefaciada por Julio Glinternick Bitelli, diplomata e embaixador do Brasil na Colômbia de 2016 a 2019, época em que ocorreu o acidente.

Literatura