Lollapalooza é confirmado em meio a onda de cancelamentos

Atualizado

Em meio à pandemia do coronavírus, a organização do festival Lollapalooza confirmou a realização do evento, que está marcado para os dias 3, 4 e 5 de abril, no autódromo de Interlagos, em São Paulo.

Um dos shows do festival Lolapallooza Brasil 2019 em São Paulo – Foto: Reprodução/Facebook/ND

No entanto, o jornalista Jose Norberto Flesch defende que o festival deveria ser, pelo menos, adiado. Afinal, a decisão de manter o festival vai na contramão da tendência mundial de cancelamentos grandes eventos para evitar a proliferação do coronavírus.

Leia também:

José faz um balanço dos problemas que deverão surgir com o adiamento do Lollapalooza. O primeiro já surge em relação ao local do evento: o autódromo de Interlagos está com a agenda cheia no segundo semestre.

Além disso, bandas, cantores e patrocinadores precisam aprovar a nova data e o novo lugar. As marcas envolvidas precisarão também reprogramar todo o cronograma de campanhas.

Eventos que sofreram alterações

Em todo o mundo, a preocupação com o coronavírus tem feito as organizações de eventos com mais de 1000 pessoas serem adiados ou cancelados.

O adiamento do Festival Coachella, que ocorre todos os anos na cidade de Índio, na Califórnia, é um dos mais comentados do momento. O evento aconteceria nos dias 10, 11, 12, 17 18 e 19 de abril de 2020, mas agora está marcado para os dias 9, 10, 11, 16, 17 e 18 de outubro de 2020.

Outro evento afetado é o SXSW, encontro anual da indústria do entretenimento realizado em Austin, no Texas. O festival foi cancelado e a organização publicou uma nota falando que pretende levar pelo menos uma parte da experiência a credenciados de forma remota.

A mais importante feira de games do mundo a E3, que aconteceria em Los Angeles no mês de junho, também deixará de acontecer.

A Comic Con, que aconteceria em Seattle a partir do dia 12 de março será adiada e a edição de San Diego, marcada para começar dia 22 de julho permanece na programação.

*Com informações do R7 e do jornalista Jose Norberto Flesch

Música