Novembro é mês de consciência negra e festa alemã em Florianópolis

Atualizado

`Programação foi lançada nesta quinta-feira (31) no Palácio Cruz e Sousa, no Centro da Capital – Cristiano Andujar/PMF/Divulgação/ND

Declaração de poemas, roda de samba, cinema, feijoada, cerveja, gastronomia, festa e importantes discussões sobre a inclusão e conscientização contra o racismo. O mês de novembro está repleto de atrações com temas ligados à cultura, música e empreendedorismo. Os eventos são referentes ao dia 20 de novembro, quando se celebra o Dia Nacional da Consciência Negra, e também comemoram os 191 anos da imigração alemã em Desterro.

“Esse debate é muito importante e para combatermos o racismo, que é crime, e valorizarmos a tradição e cultura da população negra em nossa cidade e em todo o mundo. Ainda, nos próximos dias, vários eventos celebram a chegada dos alemães na região. Preparamos uma vasta programação, em várias regiões da Capital, para que todos possam participar”, afirma o prefeito Gean Loureiro.

Esta é a primeira vez que Florianópolis prepara ações para todo o mês da consciência negra. O lançamento da agenda de eventos ocorreu nesta quinta-feira (31), às 19h, no Palácio Cruz e Sousa, localizado na Praça 15 de Novembro, no Centro da cidade.

“Nosso objetivo é discutir o preconceito, racismo, discriminação racial e políticas afirmativas para o povo negro,” comenta o Coordenador de Políticas Públicas para Igualdade Racial da Prefeitura de Florianópolis, Juninho Mamão.

É a primeira vez em que a capital catarinense prepara ações para todo o mês da consciência negra – Cristiano Andujar/PMF/Divulgação/ND

Como surgiu o Dia Nacional da Consciência Negra

O Dia Nacional da Consciência Negra marca a data da morte de Zumbi dos Palmares, ocorrida no dia 20 de novembro, um dos grandes líderes da história, considerado símbolo da luta contra a escravidão. Ele também lutou pela liberdade e pela prática da cultura africana no Brasil. A comemoração foi criada em 2003 e oficializada em 2011, sendo feriado em alguns municípios do país.

Ícone da resistência negra à escravidão, Zumbi nasceu em 1655 e liderou o Quilombo dos Palmares, comunidade livre formada por escravos fugitivos das fazendas no Brasil Colonial.

Zumbi dos Palmares foi capturado aos sete anos de idade e entregue a um padre católico, do qual recebeu o batismo e foi nomeado Francisco. Aprendeu a língua portuguesa e a religião católica, chegando a ajudar o padre nas celebrações de missas. Porém, aos 15 anos, voltou a viver no quilombo, pelo qual lutou até a morte, em 1695.

Comemorações do aniversário da chegada dos alemães à Desterro terá exposições, documentário muito chope e gastronomia – PMF/Divulgação/ND

Festa alemã na Capital

Nos dias 6, 7, 8 e 9 de novembro, a Prefeitura de Florianópolis, por meio da Secretaria de Cultura, Esporte e Juventude e da Fundação Franklin Cascaes, também promove eventos em celebração à chegada dos primeiros imigrantes alemães em Desterro, no ano de 1828.

Na programação, claro, muito chope, exposição, folclore, sessão solene na Câmara de Vereadores dos parceiros, entre outras atrações.

Os imigrantes chegaram à Desterro em dois navios que vieram do Rio de Janeiro, lugar onde aportavam ao chegar primeiro no Brasil, o primeiro navio que ancorou aqui foi o brigue Luiza em 7 de novembro com 276 colonos, e cinco dias depois aportava na cidade o navio Bergantim Marquez de Vianna, com 359 imigrantes.

De acordo com a história, o primeiro navio ficou alojado no Campo do Manejo, hoje Instituto Estadual de Educação. O segundo foi aportado com os imigrantes na Armação da Lagoinha, costa Sudeste da Ilha de Santa Catarina.

A maioria desses imigrantes alemães eram agricultores, ferreiros, carpinteiros, artesãos e soldados que na época enfrentavam condições muito precárias nos primeiros anos no Brasil. Outros parceiros para a realização desta programação são a Casa da Memória, Câmara de Vereadores, Associação Deutsche Welt,  Instituto Carl Hoepcke e Comissão Organizadora dos 200 anos de Fritz Muller

 Confira a programação completa

Mês da consciência negra

  • 03/11 – 12h – Feijoada do Novo Horizonte – Local: Clube Novo Horizonte – Rua Paschoal Apóstolo Pítsica, 4900 – Agronômica
  • 04/11 até 10/11 – 19h às 23h0 – 1º Festival de Cinema Negro SC – Local: Cinema do CIC
  • 07/11 – 19h às 22h – Mesa Afro Empreendedorismo – Local: CIA Acate Donwtonw – Rua Felipe Schmidt, 835 – Centro
  • 08/11 – 19h30 – Bienal Negra no Palácio Cruz e Sousa – Performance: “Obra de Arte” por Gugie
  • 08/11 – 16h – Bienal Negra no Mercado Público – Performance: “Obra de Arte” por Gugie
  • 08/11 – 16h – Bienal Negra no Mercado Público – O lugar da mulher nas artes (representatividade) por Priscila Costa Oliveira
  • 09/11 – 14h – 2ª Roda de Samba de Mulheres – Praça Fernando Machado
  • 11/11 – 19h – Mesa Redonda – Lideranças Negras na Política – Local: Câmara de Vereadores
  • 12/11 – VII Encontro Inter-Religioso – 19h30 às 22h – Local: Templo Ecumênico da UFSC
  • 14/11 – 12h – XV com Arte – Programação artística alusiva ao mês da consciência negra – Local: Figueira da Praça XV
  • 14/11 – 19h – Mesa Redonda Do Movimento à Sala de aula: elementos para a luta anti-racista – Flávio da Cruz e Márcio de Souza – Local: Clube Novo Horizonte – Rua Paschoal Apóstolo Pítsica, 4900 – Agronômica
  • 15/11 – Caminhada contra intolerância religiosa – Rio Vermelho – Comemoração do Dia Nacional da Umbanda – Concentração 10h no Terreiro da Mãe Bia
  • 15/11 – ExpoAfro SC – 11h às 19h – Local: Espaço Cultural Armazém  – Coletivo Elza
  • 16/11 – 10h – Bienal Negra no Palácio Cruz e Sousa  – Roda de Vivência: “Pondo os pingos nos iis” por Priscila Costa Oliveira
  • 16/11 – 14h às 17h – 11 º Fórum Itinerante Afro Religioso – SC – Regras de Ouro da Umbanda: Uma Filosofia Possível – com o lançamento de livros com textos de escritores umbandistas e a presença do Pai Ortiz Belo – Local: Galeria de Arte do Mercado Público – Sala José Cipriano da Silva
  • 17/11 – Concentração 14h – 3ª Caminhada contra Intolerância Religiosa encerrando com Abraço ao Colégio Antonieta de Barros – Trapiche da Beira-mar
  • 19/11 – 10h – Feira Afro Artesanal com fala da COPPIR às 12h30 – Escadaria do Rosário
  • 20 e 21/11 – 08h às 17h – XIII Seminário da Diversidade Étnico Racial – “Nossos Passos Vêm de Longe”: pelo direito de (re)existir – Centro de Educação Continuada
  • 20/11 – 18h – Roda de capoeira organizada pelo Fórum de Capoeira da Grande  Florianópolis – Local: Escadaria do Rosário
  • 20/11 – 09h – Homenagem a Trajano Margarida – Local: Cemitério Itacorubi
  • 20/11 – 19h – Lançamento do livro Trajano Margarida – Local: Palácio Cruz e Sousa
  • 21/11 – 20h – 7º Mocotó em Cena (ACAM) – Local: Teatro Álvaro de Carvalho
  • 22/11 – 20h – Espetáculo Antonietas – Local: Teatro da UBRO
  • 22/11 – 11h30 – Coroação Busto Cruz e Sousa – Praça XV – Marcio de Souza
  • 22/11 – 00h00 – Seresta Cruz e Sousa – Marcio de Souza
  • 23/11 – 19h30 – Culto Ecumênico – Local: Praça Monte Serrat
  • 27/11 – 10h às 12h –  Bienal Negra no Teatro da Ubro – Mostra de vídeo arte e experimental
  • 27/11 – 13h às 18h –  Bienal Negra no Teatro da Ubro – Mostra de vídeo arte e experimental
  • 28/11 – 19h – Palestra: A Mulher Negra no Cenário da Advocacia Catarinense e a Política de Cotas no Ensino Superior: Resistência e Empedramento. Palestrantes: Dra Caroline Vizeu e Dra. Emiko Liz Pessoa Ferreira – Auditório da Universidade Anhanguera
  • 29/11 – 19h às 22h – Mesa Negros na Tecnologia – Local: ACATE Primavera na SC 401.
  • 30/11 – A partir das 10h30 –– Programação Artística em comemoração ao Mês da Consciência Negra – Local: Calçadão da Jerônimo Coelho
  • 30/11 – Roteiro Histórico – Quilombos Fortunato e Toca
  • 01/12 – Roteiro histórico – Quilombos Valongo e Vidal Martins
  • 02/12 – 18h – Samba de terreiro – Comemoração Dia Municipal do Samba – Escadaria do Teatro da UBRO

191 anos da presença Alemã em Desterro

6/11

16h: Sessão Solene na Câmara de Vereadores de Florianópolis na Rua dos Ilhéus

17h: Abertura da Exposição História Repatriada na Casa da Memória, em frente à Câmara de Vereadores de Florianópolis

7/11

12h30: Apresentação Coral Deutsche Sänger Chor, figueira da praça 15

14:30: Exibição de Documentário com tema surpresa, Casa da Memória, rua Padre Miguelinho, 58, Centro

9/11

11:30 às 18h: 4ª BIER FEST – Associação Cultural Deutsche Welt, ACOJAR

Rua Coronel Mauricio Spalding de Souza , 801 Santa Monica

***A festa contará com vários tipos de chopps artesanais, Banda Freunde Musikanten de Blumenau, apresentações do grupo de Danças Folclóricas Tanzfreunde, competições de chopp em metro, serrador além da gastronomia com strudel, cucas, bolos e pratos salgados da culinária alemã.

Conforme determina a Lei Municipal nº 10.199, de 27 de março de 2017, a Prefeitura Municipal de Florianópolis informa que a produção deste conteúdo não teve custo, e sua veiculação custou R$2.000,00 reais neste portal.

Prefeitura de Florianópolis