Peça “Pessoa Absurda” celebra carreira de Régius Brandão

A peça “Pessoa Absurda” celebra os 40 anos de carreira de Régius Brandão – Gil Guzzo/Divulgação

O prólogo do espetáculo “Pessoa Absurda” dialoga com o espectador sobre Sísifo. O personagem grego foi condenado a empurrar eternamente uma pedra ao alto de uma montanha. Ao chegar ao topo, o objeto rolava ao ponto inicial invalidando seu esforço.

O texto é um dos que compõem a peça de Régius Brandão. O espetáculo, que celebra os 40 anos de carreira de Brandão, será apresentado neste sábado (6), às 21h, no Círculo Artístico Teodora.

Leia também

Além de “O mito de Sísifo”, de Albert Camus, a peça é composta por textos de Fernando Pessoa, Julian Beck, Fernando Pessoa, Mário Quintana, Vinícius de Moraes, William Shakespeare, Millôr Fernandes e Oduvaldo Vianna Filho.

“O espectador verá um ator falando do teatro e da vida através dos textos que ele gosta”, conta Régius. Além de atuar, ele é responsável pelo roteiro e pela direção da peça.

Ao longo da carreira Régius atuou no teatro, televisão e cinema. Natural de Porto Alegre, o ator mora em Florianópolis desde 2005, onde já produziu e escreveu espetáculos como “Supérfluo abandono” e “O Pintor”.

Na peça solo, o ator destaca sua dedicação a interpretação e a homenagem a seus textos favoritos. “É um recorte de textos onde eu abordo de uma maneira poética a trajetória de um ator”, explica Régius.

O espetáculo “Pessoa Absurda” foi apresentado durante todo o mês de julho e encerra as apresentações no Círculo Artístico Teodora neste final de semana.

Serviço:

O quê: Espetáculo “Pessoa Absurda”

Quando: 6/7, 21h

Onde: Círculo Artístico Teodora, Servidão do Cravo Branco, 236, Campeche, Florianópolis

Quanto: R$ 40

Teatro