Poesia mais combativa é tema do festival literário Pipa em Florianópolis

Atualizado

Felipe Deds, um dos participantes, é escritor, produtor cultural, poeta, MC, educador e premiado slammer- Foto: Reprodução Facebook/ND

Começa nesta quarta-feira (30) o 1º Pipa (Festival Pela Ilha Palavra Amplificada). O evento de literatura, que traz nomes como Felipe Deds, do Poetas Vivos de Porto Alegre e conhecido slammer (de batalha de versos), se propõe a ser um espaço de debates literários e trocas poéticas.

Nesta primeira edição, o festival terá como tema a poesia feita em coletivos, em grandes e médias cidades, no centro e na periferia. Nos coletivos, a polifonia, a performance, a conversa apresentam-se como possibilidades de fala e de escuta, produzindo textos dialógicos, nos quais a autoria, muitas vezes, se difunde, se confunde.

Leia também:

A partir de mesas-redondas, saraus, mostra de vídeo-poemas e performances, a  proposta do festival é aproximar a linguagem poética do público leitor, seja ele jovem, adulto, ou idoso. Além disso, que promover a troca entre escritores, performers e artistas em geral, ampliando o repertório de possibilidades do fazer poético, tanto escrito, como também falado, gritado, cantado e publicado.

O evento é praticamento todo gratuito, com exceção da oficina de leitura criativa com Maiara Knihs.

Programação

30/10 – quarta-feira

13h30-17h30 – Oficina de leitura criativa “Mulheres Radicais: performance saberes do corpo”, com Maiara Knihs. Inscrições pelo e-mail: pipa.festival.floripa@gmail.com;

Onde: Think Art Tatoo (Avenida Afonso Dalembert Neto, 659, Lagoa da Conceição);

19h – Encontro festivo de abertura do PIPA com performances surpresa;

Onde: Think Art Tatoo (Avenida Afonso Dalembert Neto, 659, Lagoa da Conceição)

31/10 – quinta-feira

10h-12h – Bate-papo com o coletivo Poetas Vivos na Confraria Literária

Mediação/Apresentação Arlyse Ditter

Onde: Colégio de Aplicação (UFSC)

14h-14h30 – Mostra vídeo-poemas PIPA

14h30-17h – Bate-papo “Poesia no coletivo: escrever, publicar e falar”

Convidados: Felipe Deds(Poetas Vivos – Porto Alegre-RS), Ariele Louise (Abrasabarca, Florianópolis-SC), Carolina Nova Cruz (Coletivo Oco/UFSC) e Cristiano Moreira (Papel do Mato, Rodeio-SC). Mediação/Apresentação Artur de Vargas Giorgi e Demétrio Panarotto;

Onde: Sala 247 CCE/UFSC

17h30 – Performance Poetas Vivos no Experimenta

Onde: Reitoria UFSC;

19h – Sarau Quinta Maldita especial PIPA

19h – Lançamento do livro Imagens da Madeira (tipografia), de Cristiano Moreira

Onde: Hostel On the Road Campeche (Servidão Família Nunes, 76 – Campeche);

1/11 – sexta-feira

10h – Performance no Calçadão da Felipe Schmidt

Onde: Rua Felipe Schmidt, Centro

12h-13h30 – Oficina Terrorismo Lírico com (Poetas Vivos)

Onde: IFSC – Campus Florianópolis-SC (Av. Mauro Ramos, 950 – Centro);

15h-17h – Bate-papo “Poesia, palco e ritmo” com Alice Souto (Coletivo Manivas Chapecó-SC), Agnes Mariá (Poetas Vivos, Porto Alegre-RS) e Ida Mara Freire (Florianópolis-SC). Mediação/Apresentação Juliana Ben

Onde: Fundação Badesc (R. Visconde. de Ouro Preto, 216 – Centro);

19h – Festa de Encerramento com SLAM Poetas Vivos

Onde: Agenda Centro de Artes Urbanas (Rod. Admar Gonzaga, 967 – Itacorubi);

Mais conteúdo sobre

Literatura

Nenhum conteúdo encontrado