Quadro perdido de Rembrandt é encontrado por acaso em porão

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Três irmãos de Nova Jersey, nos Estados Unidos, descobriram que guardavam em seu porão o quadro de um dos maiores nomes da história da arte europeia.

A tela “O Paciente Inconsciente (Uma Alegoria do Sentido do Olfato)” (1624), do pintor holandês Rembrandt, chegou aos irmãos por meio de uma herança que receberam de sua mãe em 2010. Uma das teorias é que a obra tenha chegado à família por volta dos anos 1920, quando seu avô adquirira a peça sem saber de sua autoria.

Em 2015, os irmãos decidiram leiloar alguns dos objetos herdados, incluindo o quadro, inicialmente estimado em US$ 800, que estava embaixo de uma mesa de pingue-pongue. Os lances, no entanto, já ultrapassavam US$ 1 milhão quando um dos possíveis compradores revelou que se tratava de uma tela original de Rembrandt. A disputa se encerrou em 2016, quando a obra foi vendida por US$ 4 milhões.

Mais conteúdo sobre

Artes

Quadro perdido de Rembrandt é encontrado por acaso em porão

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Três irmãos de Nova Jersey, nos Estados Unidos, descobriram que guardavam em seu porão o quadro de um dos maiores nomes da história da arte europeia.

A tela “O Paciente Inconsciente (Uma Alegoria do Sentido do Olfato)” (1624), do pintor holandês Rembrandt, chegou aos irmãos por meio de uma herança que receberam de sua mãe em 2010. Uma das teorias é que a obra tenha chegado à família por volta dos anos 1920, quando seu avô adquirira a peça sem saber de sua autoria.

Em 2015, os irmãos decidiram leiloar alguns dos objetos herdados, incluindo o quadro, inicialmente estimado em US$ 800, que estava embaixo de uma mesa de pingue-pongue. Os lances, no entanto, já ultrapassavam US$ 1 milhão quando um dos possíveis compradores revelou que se tratava de uma tela original de Rembrandt. A disputa se encerrou em 2016, quando a obra foi vendida por US$ 4 milhões.

Mais conteúdo sobre

Variedades