Secretário do Governo Federal defende papel dos empresários no desenvolvimento do país

Atualizado

As propostas do Governo Federal para a redução do Estado e
priorizar investimentos em unidades da federação e municípios animaram
o público durante a palestra de Salim Mattar, secretário especial de
Desestatização e Desinvestimento do Ministério da Economia. Realizado
na ACATE Primavera, na Capital, o evento foi organizado pela ACIF, em
parceria com o Instituto de Formação de Líderes (IFL), com patrocínio da
Menezes Niebuhur Advogados Associados.
“Temos a árdua missão de desconstruir o que governos anteriores
fizeram com o Brasil, deixando o país em uma situação financeira
deplorável”, afirmou Mattar. Foi aplaudido por todos quando garantiu que
o Executivo não aumentará impostos até o fim do mandato do presidente
Bolsonaro, como também não realizará concursos públicos.
De acordo com uma das principais bandeiras da ACIF – um ambiente
mais propício de empreender – Mattar enalteceu o papel dos pequenos
empresários e das startups catarinenses. “Santa Catarina é um estado
onde o empreendedorismo serve de exemplo ao país, onde negócios com
até 30 colaboradores prosperam e geram muitas oportunidades”, disse.
“Temos a convicção de que os empresários podem investir em
diversas esferas da economia, diante da incapacidade do poder público”,
afirmou Rodrigo Rossoni, presidente da ACIF. Para Salim Mattar, o
crescimento só é possível se o Brasil estiver aberto ao investimento
privado, mesmo em segmentos controlados pelo Estado. “Temos de
explorar todos os horizontes da desestatização”, completou. Graduado em
Administração de Empresas e um dos fundadores da locadora de veículos
Localiza, sendo seu CEO desde a fundação, em 1973, até 2013, Mattar foi
considerado ‘Best CEO’ por dois anos consecutivos pela revista
Institucional Investor e um dos 50 CEOs de melhor desempenho na
América Latina pela Revista Harvard Business Review.

ACIF