Sistema Fecomércio SC Saúde feminina em foco

Atualizado

Dados da Organização Mundial de Saúde apontam que o câncer é a segunda doença que mais mata no Brasil, com cerca de 200 mil óbitos por ano ficando atrás somente das enfermidades relacionadas ao coração. As mulheres ainda correm um risco duas vezes maior, já que o câncer de mama e do colo de útero são os tipos que mais as acometem nesse triste ranking. Pensando no bem-estar e na qualidade de vida da população, o Sesc colocou em prática um projeto inédito com foco em quem precisa fazer exames de mamografia e papanicolau. O Sesc Saúde Mulher, iniciativa nacional da Instituição, está presente em Santa Catarina e leva à algumas localidades os exames
gratuitos para o rastreamento desses dois tipos de câncer, além das ações de
educação em saúde.
No Estado, são duas unidades móveis que funcionam dentro de caminhões adaptados para pessoas com deficiência ou dificuldade de locomoção, equipados com mamógrafo digital e infraestrutura necessária para o atendimento. Além do consultório para realização de exames de mamografia, a sala de realização do exame citopatológico (papanicolau) possui mesa ginecológica e as pacientes têm à disposição banheiro, recepção, sala de espera e uma tenda externa para as ações educativas. Até o final do
mês de junho, as mulheres de Balneário Arroio do Silva e Jacinto Machado, no Sul do Estado e Abelardo Luz, no Oeste, recebem o atendimento pelo Sesc Saúde Mulher.

Parceria

Adriana Lacotis, responsável pelo Sesc Saúde Mulher em SC, conta que o atendimento é feito em conjunto com as prefeituras. “Realizamos uma parceria com as cidades, que nos fornecem estruturas básicas como água, luz e internet. O projeto reforça a missão de interiorização do Sesc e chega onde não estamos, principalmente em localidades que não possuem o mamógrafo”.
Em cada município são realizadas em média 1.200 mamografias e o mesmo número de preventivos de colo de útero, além de duas mil ações educativas. A triagem de atendimento é feita pela Secretaria de Saúde de cada cidade. Os exames de mama são realizados em mulheres entre 50 e 69 anos e o papanicolau de 24 a 65 anos, dentro da faixa etária estipulada pela Organização Mundial de Saúde.

Prevenção aliada ao trabalho educativo

Por onde passa, a equipe do Sesc também realiza diversas ações de educação em saúde, com foco na prevenção aos agravos à saúde sexual e reprodutiva; prevenção de doenças infecciosas, sexualmente transmissíveis e crônicas não transmissíveis; direitos reprodutivos e planejamento familiar; entre outros assuntos de interesse da população. É estimulada a participação da comunidade, através de orientações, esclarecimentos, articulação de parcerias e capacitação de pessoas da comunidade. “A prevenção aliada ao trabalho educativo são elementos essenciais para evitar doenças e trazer uma boa qualidade de vida”, finaliza Adriana Lacotis.

Mais conteúdo sobre

Sistema Fecomércio SC